Especial Clássico em Cena: Elvira - A Rainha das Trevas (1988) e mais algumas surpresas.





Elvira
Muito antes do filme que a consagrou no Brasil, a personagem Elvira como a conhecemos  ganhou a simpatia dos americanos com sua peruca estranha e decote a mostra, ainda em 1981, quando a atriz Cassandra Peterson, após uma temporada na Europa montou uma banda de rock e até trabalhou com Fellini, vencendo um concurso para se tornar apresentadora do ‘Movie Macabre’, uma sessão de filmes de terror no canal KHJ. Logo, o programa semanal e a personagem criada para ela (Elvira) viraram hit nas noites americanas.
A partir daí, Elvira passou a ser usada em anúncios publicitários, fantasias para Halloween, gibis, cards, bonecos, perfumes, dentre outros produtos. Foi então que a atriz Cassandra Peterson se juntou aos roteiristas John Paragon e Sam Egan para fazer o clássico Elvira - A Rainha das Trevas; com um orçamento de US$ 20 milhões. Após o grande sucesso do filme produziram 30 episódios da série que levava o nome da protagonista Elvira - A Rainha das Trevas, que não obteve tanto sucesso como o filme.







A verdade é que Elvira se tornou um símbolo pop da cultura do terror, do humor e do trash, além de virar um sex symbol do imaginário masculino. Interessante que na pele de sua personagem Elvira, ela arrasa com aquele decote gigantesco e o visual gótico. Na vida real, Cassandra Peterson é uma ruiva com tudo em cima mesmo que com seus 60 anos. 



O filme em questão é Elvira - A Rainha das Trevas, que se tornou um clássico da sessão da tarde. Muito vi este filme de 1995 até mais ou menos 2006. Agora não sei como anda aquela sessão mas parece não passar filmes antigos tão bons como antigamente. Irônico é que algumas piadas do filme não são apropriadas para crianças e censura livre, mas sempre passou numa boa no horário da tarde. Era um tempo em que a censura pegava mais leve e com menos hipocrisia. Quando eu revi este filme esta semana para poder escrever sobre, a sensação de nostalgia, humor e saudosismo é incrível. Engraçado é o erotismo velado e implícito no filme, que acaba sendo leve apesar do conteúdo indiretamente mostrado. 

O filme é uma joia rara. Não fez o sucesso merecido na época, mas o tempo fez justiça e tornou ele um clássico. Elvira virou diva do terror e humor negro, merecidamente. A trama do filme é simples, ela é uma apresentadora de um programa de filmes de terror (uma menção à ela mesma e seu programa dos anos 80) que recebe de herança a casa e o livro de feitiços de sua vó. Seu tio avô é um demoníaco bruxo que quer pôr as mãos no livro. Esta vem a ser a parte de horror do filme, sabiamente elogiando clássicos do cinema fantástico. Mas o grande barato da obra é a enorme quantidade de comédia e humor negro, envolvendo o estilo e atitudes da moça em comparação com a cidadela religiosa e tradicional. Elvira, além de ser uma moça do rock'n roll e do terror, é avançada, livre sexualmente e usa aquele visual chamativo. Os seus enormes seios à mostra são praticamente os coadjuvantes do filme. Grande parte das piadas envolvem eles e o corpo de Elvira. Desavergonhadamente ela mesma faz boas piadas, fazendo a gente soltar gargalhadas de verdade. 


Ah os anos 80! Volta e meia aqui no blog eu elogio a época. Eram outros tempos, outros ares. Histórias bobas e desmioladas eram extremamente engraçadas e deliciosas de se assistir. O cinema trash estava com tudo e renderam clássicos divertidíssimos. Elvira é um ótimo representante deste tipo de entretenimento. Os efeitos especiais são nostalgicamente antigos e bons. E a trilha sonora: nossa! Tudo que foi feito nos anos 80 tem trilha sonora impecável e incrível. A Elvira é hilária, seus trejeitos e caretas arrancam nossas risadas. Ela tem um jeito malicioso ao natural. Além de ser um colírio para os olhos, os filmes elogiam o gênero do terror e relembra alguns clássicos. Eu falei filmes porque houve um outro filme lançado entre 2002 e 2003: As Loucas Aventuras de Elvira. Apesar de inferior que o original, este filme consegue ser bacana e engraçado.

Não é uma continuação, é um conto de horror e comédia de época; que faz um elogio aos clássicos épicos de terror do antigo estúdio Hammer. Funciona e o humor aqui está mais pesado. Apesar de ser muito pouco conhecido e ser menos engraçado que o primeiro, recomendo esta maluquice sem tamanho da estonteante e hilária Elvira. Assista aos filmes e tenha boas lembranças de um pedaço da infância, quando você ficava deitado vendo TV e brincando. Elvira é assim, relembra bons momentos, ao mesmo tempo em que é bobo e inteligente. E para você que está louco para assistir, vou dar vários bônus, incluindo os links para assistir online diretamente no youtube. Boa diversão...






NOTA: Elvira - A Rainha das Trevas       9   


NOTA: As Loucas Aventuras de Elvira   7




Elvira - A Rainha das Trevas

Direção: James Signorelli

Elenco: Cassandra Peterson como Elvira, William Morgan Sheppard, Daniel Greene, Susan Kellermann, Edie McClurg, Kurt Fuller, Jeff Conaway, William Duell, Pat Crawford Brown, Ellen Dunning, Ira Heiden, Tress MacNeille.


Sinopse: Elvira (Cassandra Peterson) é a anfitriã de um programa de baixo orçamento sobre filmes de terror, mas tudo pode mudar quando ela herda da tia Morgana (Cassandra Peterson) uma velha mansão em Fallwell, Massachusetts, uma pequena cidade com apenas 1313 habitantes. Ela sonha em vender a casa e ir para Las Vegas, mas encontra dois sérios problemas: o primeiro são os adultos da cidade, que ficam espantados com o modo de como ela se veste e se comporta. Liderados por Chastity Pariah (Edie McClurg), eles fazem forte oposição à presença de Elvira na localidade. O segundo problema é Vincent Talbot (William Morgan Sheppard), um tio de Elvira que não herdou nada, mas deseja obter de qualquer maneira um "livro de receitas" que também foi herdado por Elvira, que dará a ele imensos poderes para fazer diversos tipos de bruxarias.






Trailer:



Filme online completo legendado:




As Loucas Aventuras de Elvira

 Direção: Sam Irvin

Sinopse: em 1851, nos montes Cárpatos, na Romênia, Elvira e sua criada Zou Zou, estão a caminho de Paris para uma apresentação de can-can quando são obrigadas a fugir da hospedaria onde estavam por não terem dinheiro para pagar o aluguel. No caminho são ajudadas por um estranho homem chamado Lord Vladimere Hellsubus que as leva para ficarem em seu castelo. Lá, descobrem que a falecida esposa do dono do castelo não está tão morta assim...

Elenco: Cassandra Peterson como Elvira, Richard O'Brien, Mary Scheer, Scott Atkinson, Heather Hopper, Mary Jo Smith, Gabriel Andronache, Jerry Jackson, Theodor Danetti.


Curiosidades: o filme faz várias referências aos filmes do diretor estadunidense Roger Corman, principalmente suas adaptações da obra do escritor estadunidense Edgar Allan Poe e também aos filmes da Hammer Studios, companhia cinematográfica britânica especializada em filmes de horror. O filme teve financiamento estadunidense, foi todo rodado na Romênia e foi dedicado ao ator inglês Vincent Price. Elvira's Haunted Hills foi exibido fora de competição no prestigioso Festival de Cannes em 2003.


Trailer:





Filme online completo dublado:

http://www.youtube.com/watch?v=68hRLdckDSU



Bônus:

Cassandra Peterson, a Elvira.
Cassandra Peterson, a Elvira.
Compare os dois visuais.



Mais fotos de Elvira nos filmes e no programa de TV:





























































Deixe seu comentário:


O Vigilante da Noite

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...