Filmes para destruir seu Dia dos Namorados:

Aí vai mais uma matéria para desmotivar o seu Dia dos Namorados. Filmes não aconselhados (que na verdade eu aconselho) para se ver e ter aquela ideia linda do amor e felizes para sempre destruída. Vamos lá? 



Dia dos Namorados Macabro: motivo? Tanto o original de 1981 como o remake de 2009 trazem cenas de massacre em plena data do Dia dos Namorados. Um assassino mata todos com uma picareta e envia presentinhos "românticos" com corações humanos dentro do embrulho. Isso que eu chamo de entregar o coração!








Namorados para Sempre: motivo? Ainda ontem foi postado aqui que este é daqueles filmes crus e realistas, que explora todo o lado amargo e humano, o que muitas vezes inclui alguns fins que não gostaríamos de presenciar.





Bem Vindo aos 40: motivo? Com muito humor negro, o filme explora o lado comicamente trágico do casamento. O último pingo de romance e magia se vai quando a esposa tem que analisar a hemorroida no ânus do marido. E você querida leitora, já fez isso?







A Outra: motivo? O que era para ser um romance de época acaba com traições, quase incesto e cabeças rolando. Um filme extremamente bem produzido, mas não é o tipo de filme bonito para a data.






Amor e Violência: motivo? Um filme onde o romance se desenvolve em volta de drogas, sexo selvagem e violência urbana. Pesado e um tanto desesperançoso! 







Beleza Americana: motivo? Outro filme excelente, mas que vai fundo cutucando a raiz da sociedade: casamento e família. Enquanto que o cara tenta transar com a colega da filha, a mulher o trai sem escrúpulos. Ao fim, uma morte cruel põe todas as estranhas personagens em xeque.






Burning Man: motivo? Um filme triste, que mostra como os sonhos de um casal apaixonado são destruídos pelo câncer! Resta ao pobre rapaz se dar bem com seu filho, enquanto começa a se perder com estranhas relações sexuais com diversas mulheres.






L Apollonide  Os Amores Da Casa De Tolerância: motivo? Um fortíssimo filme francês, que mostra o horror da vida de prostitutas alguns séculos atrás. Jovens moças com esperanças destruídas, planos frustrados e literalmente rostos retalhados. Que perspectiva de romance elas poderiam ter?







Shame: motivo? Um drama sólido, mas que explora o lado faminto de um homem viciado em sexo. E em como esse vício destrói sua vida e seus relacionamentos. Isto acaba afetando também sua relação com a sua conturbada irmã. Você que está amando deve passar longe deste filme nesta data.





Dormindo com o Inimigo: motivo? Você, que é namorada ou esposa. Já pensou se seu par fosse na verdade um assassino desgraçado? E não adianta fugir pra outra cidade, tingir o cabelo e arrumar um cara legal. O Diabo sempre te achará. É melhor dar cabo da vida dele quanto antes!







Adorável Molly: motivo? E se a sua namorada começa a se comportar estranho? No início ela fica tarada e louca de desejo. Mas não fica animadinho não. Daqui a pouco ela vai estar seduzindo e matando padres pecadores e falando com o defunto pai; que a molestava. Pior que isso só se ela tentar te comer, não é? E ela vai!






Instinto Selvagem: motivo? Ela é uma escritora talentosa, é rica, é uma loira gostosa e é viciada em sexo. Qual o problema? Ela tem o péssimo costume de matar os caras com um picador de gelo enquanto transa!







Lua de Fel: motivo? O filme com romance mais deprimente que já assisti e um de meus favoritos. Mas a construção do amor doce, e depois sua desconstrução violenta são desalentadoras. Um filme que fere fundo na alma e explora o lado realista de quando o amor acaba. Este lado acaba afundando-se em violência, maus tratos e corações dizimados. Um filme espetacular, mas para ser visto quando você não estiver muito romântico, pois goste ou não, romances vão sim para o inferno às vezes.






Só não pensem que sou rabugento, longe disso! Até a próxima...

O Vigilante da Noite

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...