SNACK #6: Bem-Vindo aos 40 (2012, de Judd Apatow)




Judd Apatow é um diretor diferente. Suas comédias são sempre abusadas e com partes indigestas. Mas o mais interessante é que são comédias com certo grau de realismo, focando suas piadas em situações constrangedoras e ácidas que realmente estão presentes no nosso cotidiano. São comédias com forte carga dramática e sempre bem longas. Este filme aqui tem 2 horas e 13 minutos. Aí está um dos problemas. O filme parece arrastado ao longo destas 2 horas e pouco (isto que sou o cara que ama filmes longos, por serem mais completos). 

Tem algumas piadas rudes, envolvendo hemorroidas, situações no banheiro e dia-a-dia dos casais. Mesmo assim continua interessante o fato de que o casamento e a vida familiar (filhos, pais ficando velhos, sogros) aos poucos perde o brilho. Simplesmente aquela imagem linda do namoro se desfaz, e aí vem o perigo do casamento acabar. Na trama Pete (o "legalzinho" Paul Rudd) e Debbie (a ótima e hilária Leslie Mann); que eram os coadjuvantes de Ligeiramente Grávidos, estão passando pela crise de completar 40 anos, e todas suas responsabilidades e problemas de gente grande. A química deles é incrível. Sem falar que o filme acaba tendo este lado de "humanos imperfeitos".

Nem tudo funciona bem, mas na maior parte consegue ser uma comédia irreverente e ácida. Há piadas geniais envolvendo bandas de rock clássicas e as tendências da música moderna (Justin Bieber, Lady Gaga e Nick Minaj são esculachados). Há ainda uma pegação com o seriado cult Lost e seu criador J.J. Abrams, onde é dito: "J.J Abrams is ruining our daughter. That fucking geek!" E para completar temos a maravilhosa Megan Fox, fazendo o de sempre: exibindo seu corpo e sendo objeto sexual.

Entre momentos grosseiros e hilários (como a cena em que Debbie ofende um menino), o filme se sustenta como comédia-romântica-dramática. O tempo de duração é um pouco exagerado, assim como algumas situações estranhas. Mas é o tipo de filme do diretor Judd Apatow, que muitas vezes não sabe se conter. Recomendado para quem gosta de comédias mais maduras e pesadas.






Trailer:








O Vigilante da Noite

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...