Outubro - Mês do Terror - Franquia: Pânico




Pessoal, aqui estão as duas matérias da saga Pânico que eu já havia publicado. Essa é a saga de terror que mais respeito e aqui está minha opinião sobre ela, com trailers e informações.
Algumas informações foram tiradas de: 

http://deadlymovies.blogspot.com.br/search/label/Franquia%20P%C3%A2nico






Pânico

Um ano após a morte da mãe de Sidney Prescott, dois estudantes são assassinados na escola da adolescente. Com isso, Sidney começa a desconfiar que existe relação entre as 3 mortes e acaba descobrindo que está sendo perseguida por u serial killer que mata seus amigos exatamente como nos filmes. A questão é: Quem é o assassino quando todos são suspeitos?

Título: Pânico (Scream)
Ano: 1996
Elenco: Neve Campbell (Sidney), David Arquette (xerife Dwight 'Dewey' Riley), Courteney Cox (Gale Weathers), Jamie Kennedy (Randy), Drew Berrymore (Casey Becker), Lawrence Hecht (Neil Prescott)
Diretor: Wes Craven.

NOTA: 10
Trailer:











Pânico 2

Dois anos após os acontecimentos em Woodsboro, Sidney Prescott e Randy estão tentando continuar com suas vidas enquanto Gale Weathers ganha dinheiro com a história que escreveu sobre os assassinatos, a qual agora vai virar um filme chamado 'Stab'. Mas antes do início das filmagens os assassinatos recomeçam e o xerife Dewey volta a Woodsboro para proteger Sidney de um serial killer invisível entre os numerosos suspeitos.

Título: Pânico 2 (Scream 2)
Ano: 1997
Elenco: Neve Campbell (Sidney), David Arquette (xerife Dewey), Courteney Cox (Gale Weathers), Jamie Kennedy (Randy)
Diretor: Wes Craven.

NOTA: 10
Trailer:














Pânico 3

Enquanto 'Stab 3: Return to Woodsboro' está sendo filmado, Sidney está escondida em um lugar que apenas o xerife Dewey tem conhecimento. Quando um mascarado cemaça a matar os membros do elenco da produção, Sidney acha ter descoberto uma ligação entre fotos de sua mãe e os crimes e precisa enfrentar seus demônios para colocar um fim nas mortes.

Título: Pânico 3 (Scream 3)
Ano: 1999
Elenco: Neve Campbell (Sidney), David Arquette (Dewey), Courteney Cox Arquette (Gale Weathers), Lance Henriksen (John Milton), Jamie Kennedy (Randy)
Diretor: Wes Craven.

NOTA: 9

Trailer:















SAGA PÂNICO: 1, 2 e 3: Fiquei muito feliz de conseguir baixar a trilogia, pois são uma das sagas de terror que mais gosto. Essa saga reinventou os filmes de terror na década de 90, fizeram enorme sucesso não só entra público como também entre críticos, pois ao mesmo tempo que é terror, é humor negro (debochando dos filmes de terror). Ao mesmo tempo que tem mortes bem elaboradas, tem também cutucadas nos clichês de cinema, como por exemplo as mocinhas loiras: porque elas correm para seu quarto em vez de sair pra rua quando é  atacada? E é nesse ritmo que a saga se encontra: mortes, críticas, correria e mais morte , seguidas de muitas críticas. E ainda traz sempre um final surpreendente: quem é o assassino?

Recomendo ler:  http://www.cinepop.com.br/noticias2/panico4_especial_101.htm


 Mesmo que o terceiro já não seja tão bom quanto os 2 primeiros, é entretenimento puro, explosivo, assustador (o primeiro) , ácido, genial e muito, muito inteligente. Em breve verei o 4 que sai em DVD, pois aqui não passou no cinema, uma pena! Aguardo ancioso para ver o 4 e postar aqui o que achei... e que venha o 5, afinal: QUAL É O SEU FILME DE TERROR FAVORITO?

NOTAS: PÂNICO:      10
               PÂNICO 2 :  10
               PÂNICO 3:   9














CRÍTICA DE PÂNICO 4 - NOSTALGIA E INTELIGÊNCIA






Eu já havia falado rapidamente da trilogia Pânico aqui: http://minhavisaodocinema.blogspot.com.br/2011/08/e-no-fim-de-semana.html.

Agora acrescentarei algumas informações da saga antes de criticar o último filme.

Curiosidades de Pânico 1:
*Filmado em Santa Rosa, Califórnia, se passa na cidade fictícia de Woodsborolocalizada no mesmo estado e revitalizou o gênero slasher no fim dos anos 1990. Críticos especializados elogiam as piadas sobre filmes de terror clássicos feitas nessa produção e os cameos de atores e atrizes dos mesmos; fãs gostaram da renovação dada por Craven ao gênero e o combinado destas duas formas fizeram com que o filme atingisse o primeiro lugar em arrecadação em 2009, com um total de mais de US$173 milhões.
*A versão sem cortes foi vendida somente no lançamento do filme no mercado, mas rapidamente tirada de circulação e substituída pela versão com cortes;
* Linda Blair (O Exorcista e O Exorcista II, 1973 e 1977, respectivamente) tem um cameo (a reporter que assedia Sidney na volta á escola após as primeiras mortes), bem como Wes Craven (o zelador da escola que usa uma roupa parecida com a de Freddy Krueger - uma alusão a Craven e A Hora do Pesadelo);

Curiosidades de Pânico 2:
*Desta vez satirizando sequências de filmes de terror, 'Pânico 2' alcançou o segundo mais alto patamar entre críticos e fãs ficando atrás apenas de "Pânico" em arrecadação até 2009, com US$172 milhões.
*Gale Weathers (personagem de Courteney Cox) menciona os nomes de Jennifer Aniston e David Schwimmer, dois de seus amigos na série "Friends" (1994-2004);
* Wes Craven faz um cameo como um homem no plano de fundo na cena do hospital;

Curiosidades de Pânico 3:
*Cameos: cameos no filme: Wes Craven, Jay and Silent Bob, Carrie Fisher e o mestre Roger Corman; A personagem de Carrie Fisher (que interpretou a Princesa Léia na trilogia original de 'Guerra nas Estrelas') revela em uma conversa que fez o teste para o papel de Princesa Léia, mas quem ficou com ele foi a atriz que dormiu com George Lucas;
*Diversas celebridades são citadas, como Brad Pitt, Angelina Jolie, Jennifer Aniston, Connie Chung e Kevin Smith;

Somando os três filmes, foram assassinadas 28 personagens.

Informações retiradas de: http://deadlymovies.blogspot.com.br/search/label/Franquia%20P%C3%A2nico
Também recomendo:
http://bocadoinferno.com/artigos/panico-4-nova-decada-novas-regras/
http://bocadoinferno.com/artigos/panico-3-ghostface-vai-para-hollywood/
http://bocadoinferno.com/artigos/panico-primeira-trilogia/
http://bocadoinferno.com/artigos/panico-2-volta-de-ghostface/
http://bocadoinferno.com/artigos/panico-qual-e-seu-filme-de-terror-favorito/




A franquia Pânico sempre foi minha saga de terror favorita. Talvez porque tenha sido  a primeira que eu assisti quando era bem pequeno. Me lembro de ficar maravilhado com a história e as cenas de muita correria. Hoje tenho um olhar mais apurado e vejo que a franquia tem sim seus defeitos. É uma saga divisora de águas. Ou você é apaixonado pela saga ou a odeia. Eu respeito todas opiniões, mas a minha é que Pânico é a mais respeitada saga de terror da atualidade!

Em 2011 ela retornou com tudo e muitas eram as especulações de seu retorno. Para delírio dos fãs, esse quarto filme é simplesmente surpreendente em cada um dos seus minutos. O diretor Wes Craven e o roteirista  Kevin Williamson nos entregam um presente especial com essa obra máxima de diversão.

Elenco: Neve Campbell, David Arquette, Courteney Cox, Emma Roberts, Hayden Panettiere, Adam Brody, Rory Culkin, Marley Shelton, Erik Knudsen, Nico Tortorella, Anthony Anderson, Marielle Jaffe, Mary McDonnell, Alison Brie, Anna Paquin, Kristen Bell, Shenae Grimes e Lucy Hale .

Enredo: Sidney Prescott (Neve Campbell) agora é autora de um livro de auto-ajuda, e retorna para Woodsboro na última parada de sua turnê para promover o lançamento. Lá, ela reconecta-se com o sherife Dewey (David Arquette) e Gale (Courteney Cox) - agora casados - assim como sua prima Jill (Emma Roberts) e sua tia Kate (Mary McDonnell). Infelizmente, o retorno de Sidney também traz Ghostface de volta, colocando Sidney, Gale e Dewey, junto com Jill, seus amigos e toda a cidade de Woodsboro, em perigo. Inspirado em vários filmes de terror, o assassino retorna, mas desta vez, as regras são baseadas no novo clichê.



Trailer: 


Incrível como a direção de Wes Craven é magistral. Ele rege tudo de maneira incrível, aproveitando ao máximo o excelente roteiro de Kevin Williamson. O jogo de câmeras em cenas como a da garagem, a das escadas e principalmente a do closet são um espetáculo. O uso de metalinguagem (o filme dentro do filme) aqui é inteligentíssimo. Pânico 4 quebra as regras que a própria saga criou, sem desrespeitar os trabalhos anteriores. O uso de humor negro é uma jogada interessante, deixando o filme muito divertido e engraçado. Isso dá uma leveza em volta ao sadismo que o enredo traz.

O grande elenco está afiadíssimo. O trio principal dos filmes anteriores estão maduros e à vontade nos papéis. Os novatos também dão conta do recado muito bem. Há diversas participações especiais de estrelas bem conhecidas lá nos Estados Unidos. Todos personagens, mesmo que apareçam rapidamente, estão bem colocados e utilizados.




Ainda falando do roteiro: o filme é cheio de situações surpreendentes, que chegam a brincar com sua mente. A abertura é a melhor da saga, simplesmente brilhante. O filme dentro de um filme dentro de um filme, isso dentro do filme que estamos assistindo; é genial e único. Nessa confusa sequência inicial ainda há espaço para piadas com celebridades, sagas de terror como Jogos Mortais e estrelas em participações especiais. De cair o queixo! O filme tem um andamento natural e dinâmico, levando a um estarrecedor final cheio de reviravoltas explosivas. Interessante é que Pânico 4 debocha dos clichês dos filmes de terror, inclusive ele mesmo; mas mesmo assim ele cai em alguns clichês que a saga criou e faz piada com isso. O filme não se leva a sério e debocha de si mesmo de maneira inteligentíssima. Ao assistir ele sente-se uma sensação boa de nostalgia, algo que pouquíssimos filmes conseguem fazer. Outro acerto foi fazer uso das tecnologias de hoje, como celulares, internet e Facebook.





Quem morrerá? Quem viverá? Quem é o assassino(s)? O que aconteceu com os clássicos filmes de terror que tanto brilhavam nos anos 70 e 80? Será o uso excessivo de continuações e remakes apenas uma maneira dos estúdios ganharem dinheiro? Ora criticando, ora elogiando; Pânico 4 brinca com os filmes de terror (incluindo ele mesmo) e seus clichês, celebridades, estúdios e diretores de cinema, tecnologias e redes sociais, comportamento adolescente e situações de tensão com boas doses de piadas. Trata-se de entretenimento explosivo e inteligente, retomando as características da trilogia que tanto fez sucesso e ganhou respeito no final dos anos 90. Nos dá um imenso momento nostálgico. Pânico 4 consegue ser tão bom quanto o primeiro, fazendo mais uma vez dessa saga como a minha predileta em terror. E mesmo que de maneira divertida e indireta, sutilmente a saga Pânico traz uma carga sádica pouco vista nos cinemas. A revelação do assassino e seus motivos lançam uma crítica incrível à sociedade pós-moderna, com seus reality shows e vida virtual, onde já não existe mais privacidade. Se você conhece, reviva os sustos e risos dessa charmosa saga. Se não conhece, já está na hora de ver toda a quadrilogia. Wes Craven sabe o que faz, realmente é um mestre do terror. Não apenas esse quarto filme, mas toda sua saga é simplesmente arrebatadora, é entretenimento genial e inteligente. É ousado e criativo. É uma saga respeitada. Absolutamente é obrigatório na coleção de qualquer amante do terror e do cinema em geral.

Para encerrar fica a pergunta mais dita na saga: Qual seu filme de terror favorito?

NOTA: 10





























  
Deixe seu comentário:





O Vigilante da Noite

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...