SNACK #21: Uma História de Amor e Fúria (2013, Animação Nacional)



Nossa crítica SNACK (crítica rápida) 21° edição traz esta incrível animação nacional. O filme conseguiu um feito invejável: está entre as 19 animações pré-selecionadas para o prêmio de Melhor Animação no Oscar 2014. Torcemos para que chegue lá, mas se o mesmo não ocorrer, já é um grande feito, pioneiro para o nosso cinema. Com um roteiro bastante original e feito nos moldes de um anime, 'Uma História de Amor e Fúria' surpreende por ser um dos melhores filmes nacionais já feitos, mesmo tendo apenas 1 hora e 15 minutos de duração. A obra narra a história de um homem (o excelente Selton Mello) que vive mais de 600 anos e presencia todos horrores políticos e sociais do nosso país - desde a colonização até uma futura guerra pela água em um período pós-apocalíptico - enquanto procura pelo amor de sua vida. As maneiras trágicas de como ele perde seu amor (dublada pela belíssima Camila Pitanga) e algumas passagens um tanto polêmicas fazem deste um filme forte e cheio de angústia.


Não é uma animação infantil, pois além de apresentar nudez, violência e linguagem forte, traz reflexões e questionamentos de nossa história. Desde o início está tudo errado e o filme mostra isso. E não apenas na nossa história; a humanidade em geral vem escrevendo sua saga e criando suas nações com sangue e crueldade. Colocar isso de forma realista em uma ficção deixou a obra ainda mais surreal e impactante. Lentamente, o cinema nacional tem progredido tanto no seu conteúdo intelectual como nas suas características técnicas. 'Uma História de Amor e Fúria' é sem dúvidas o filme brasileiro de 2013 e uma grande surpresa. O visual é arrebatador, tanto nas fases de época como na eletrizante e incrível sequência futurista, que fecha o filme com chave de ouro, devo salientar. Assista a este filme impressionante, que sem dúvidas chamará a atenção dos poucos que o assistirem. Este é um exemplar obrigatório para os cinéfilos de plantão. Uma melancólica jornada de um homem em busca de seu grande amor, enquanto presencia a frieza e a injustiça de um país conturbado. Sem dúvidas, uma das mais belas obras cinematográficas do ano!


NOTA:



Direção: Luiz Bolognesi

Elenco: vozes de Paulo Goulart, Selton Mello, Rodrigo Santoro, Camila Pitanga.

Sinopse: um homem (Selton Mello) com quase 600 anos de idade acompanha a história do Brasil, enquanto procura a ressurreição de sua amada Janaína (Camila Pitanga). Ele enfrenta as batalhas entre tupinambás e tupiniquins, antes dos portugueses chegarem ao país, e passa pela Balaiada e o movimento de resistência contra a ditadura militar, antes de enfrentar a guerra pela água em 2096.

Trailer: 










   

Deixe seu comentário:

O Vigilante da Noite

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...