Crítica: Thor - O Mundo Sombrio (2013, de Alan Taylor)



Com bastante atraso, mas está aí a minha breve crítica desta superprodução. Em 2011 chegava aos cinemas a primeira aventura de Thor, que dividiu opiniões mas firmava o período "pré-vingadores". Gostei do primeiro filme e acho que Kenneth Branagh fez um bom papel de diretor, principalmente dentro do universo dos deuses nórdicos. Agora nas mãos do competente Alan Taylor, que antes só tinha experiência dirigindo alguns episódios do excelente seriado Game of Thrones; Thor - O Mundo Sombrio consegue superar o filme original, consegue ser o melhor filme Marvel "pós-vingadores" e consegue fazer ponte com um dos mais esperados e audaciosos projetos do estúdio: 'Guardiões da Galáxia'.



Alan Taylor surpreende por segurar as pontas em sua primeira superprodução hollywoodiana, entregando um filme de super herói redondo, bem terminado e com bons elementos sombrios - conforme o título indica. O roteiro, embora não seja fantástico e tenha suas falhas (como uma ou outra piada que não funciona tão bem), consegue ao menos respeitar o universo da HQ e respeitar também o filme anterior. Há algumas piadas até soam engraçadas, os inimigos dão certo medo e são eficazes, há bem mais elementos fantásticos do que o primeiro (como naves e portais), há a excelente utilização de Loki em uma ótima atuação de Tom Hiddleston (um dos mais amados vilões Marvel da atualidade) e muito pouco se passa na Terra, possibilitando assim diversas ótimas cenas em outros universos. Aqui Natalie Portman (par romântico do herói) é que vai parar na majestosa Terra da família dele. Isso tudo facilita para que o filme seja mais enérgico e atraente. A atuação de Chris Hemsworth está melhor, visto que agora o rapaz está mais à vontade com as câmeras e a importância de seu papel "todo-poderoso". Os efeitos visuais estão de primeira qualidade como sempre, além de algumas maquiagens e figurinos bonitos. Em determinadas cenas o filme se dá ao luxo de ter uma interessante fotografia. 


Há duas engenhosas cenas de ação, uma no final envolvendo os portais e todas possibilidades ao se atravessar eles; e a melhor: a cena da fuga lá pelo meio do filme, muito bem elaborada e conduzida! Mesmo não trazendo nada de novo, o filme cumpre muito bem seu papel de entreter sem ofender o cérebro de quem o assiste. Muito melhor que Homem de Ferro 3, que para muitos fãs foi decepcionante. Eu até curti a última aventura de Tony Stark, mas achei esta aventura de Thor mais decisiva com relação aos próximos projetos Marvel. Deixa ponta para o óbvio Thor 3, mas também apresenta uma prévia de Guardiões da Galáxia filme a estrear ainda em 2014. Inclusive nesta prévia eu consegui perceber um "ar oitentista" estilo Flash Gordon, ou será que só eu achei isso? Sem falar que estamos na fase 2 e em 2015 chega o aguardado Os Vingadores 2 - A Era de Ultron. Logo logo todos estes universos de heróis da Marvel estarão se cruzando. Algumas das melhores HQ's tratam disto. Não sei se conseguirão fazer tantos filmes épicos assim. O jeito é esperar. Enquanto isto ficamos com as produções já existentes e aguardemos os lançamentos tanto dos Guardiões da Galáxia quanto do Capitão América 2 - O Soldado Invernal, ambos ainda em 2014. E para finalizar não perca Thor - O Mundo Sombrio, que consegue ser um blockbuster de qualidade.








Direção: Alan Taylor


Elenco: Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Natalie Portman, Anthony Hopkins, Idris Elba, Kat Dennings, Ray Stevenson, Stellan Skarsgård.


Sinopse: o filme dá seguimento às aventuras no cinema de Thor, o Poderoso Vingador, enquanto ele luta para salvar a Terra e os Nove Reinos de um inimigo sombrio que destrói o universo. Na sequência de acontecimentos de Thor da Marvel e de Os Vingadores – The Avengers da Marvel, Thor luta para restaurar a ordem no cosmo… mas uma antiga raça liderada pelo vingativo Malekith retorna para levar o universo de volta às trevas. Enfrentando um inimigo que nem mesmo Odin e Asgard são capazes de derrotar, Thor precisa embarcar em sua jornada mais perigosa e pessoal, que o reunirá com Jane Foster e o forçará a sacrificar tudo para nos salvar.





                                                                   Trailer:








O Vigilante da Noite

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...