O WESTERN INSPIRADO EM DIVERSAS FONTES DA LITERATURA HEROICA

O Minha Visão do Cinema agora está em parceria com o amigo amante da sétima arte clássica José Eugênio, que escreve no blog:


http://cineugenio.blogspot.com.br/


Vamos a sua matéria de estreia aqui no blog?

*Esqueça o pavoroso título Os Brutos Também Amam, dado pelo distribuidor brasileiro. Mas fique com Shane. É um dos mais belos westerns; um dos mais míticos também. Se você o viu quando era criança, nos anos 50 ou 60, entenderá as razões da atração que o filme de George Stevens exercia sobre a garotada. Nós, meninos de então, éramos fascinados como Joey. E queríamos que nossos pais fossem como Shane. No fim, crescíamos assistindo a partida do mito que embalava nossas ilusões infantis. E aprendíamos a assobiar ouvindo The Call of The Far-Away Hills.








Os brutos também amam (Shane)



Direção:
George Stevens

Produção:
George Stevens, Ivan Moffat

Paramount
EUA — 1953

Elenco:Alan Ladd, Jean Arthur, Van Heflin, Brandon De Wilde, Jack Palance, Ben Johnson, Edgar Buchanan, Emile Meyer, Elisha Cook Jr., Douglas Spencer, John Dierkes, Ellen Corby, Paul McVey, John Miller, Edith Evanson, Leonard Strong, Ray Spiker, Janice Carroll, Martin Mason, Nancy Kulp, Helen Brown, Howard J. Negley, Beverly Washburn, Charles Quirk, George J. Lewis, Chester W. Hannan, Bill Cartledge, Steve Raines, Jack Sterling, Henry Wills, Rex Moore, Ewing Brown.


Pobre Shane (Ladd)! Cavalgou rumo ao norte, fugindo de seu passado e de sua sina! Cavaleiro errante, poderá, quem sabe, encontrar lugar para se enraizar e escapar das trampas que o destino trágico armou à sua revelia. Porém, convenhamos: realizar tal missão seria bem mais fácil que esta, não prevista no roteiro de A. B. Guthrie Jr.: Shane teria que cavalgar muito mais para se livrar da maldição do nefasto título dado pelo distribuidor brasileiro, que o estigmatizou para sempre. É lamentável! Ainda hoje Shane é reconhecido entre nós pelo bestial e piegas Os brutos também amam, quando de bruto nada tem.


Para ler a matéria completa acesse:

http://cineugenio.blogspot.com/2012/12/os-brutos-tambem-amam.html




Deixe seu comentário:


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...