SNACK #27: 47 Ronins (2013, de Carl Rinsch)



Esta é nossa crítica rápida (Snack) edição 27. Acontece que '47 Ronins' foi um dos maiores fracassos de 2013. Com um orçamento gigantesco (estima-se 250 milhões de dólares), o filme teve diversos atrasos e arrecadou muito pouco. No geral é um filme mediano, que não entrega tudo que poderia ser, mas não merecia o fiasco total. Nesta trama que reconta uma das maiores lendas samurais, os últimos 47 Ronins (ronins são samurais sem mestre, renegados) de um clã decidem vingar-se da tirania de um inimigo usurpador. Keanu Reeves é um místico mestiço que faz parte deste grupo de heróis. Aos poucos ele mostrará seu lugar e ajudará o clã a recuperar sua honra. Este universo épico japonês é infinitamente rico e bonito, talvez por isso o filme tenha sido mal recebido. O novato diretor Carl Rinsch trabalhou notavelmente o visual do filme, mas não desenvolveu as personagens, o roteiro e nem a ótima cultura samurai.




Outro fator que deixa o filme lento é a quase inexistente trilha sonora. Sem uma melodia que envolva, sem desenvolvimento do que está acontecendo e com uma direção insegura, o filme fica de morno para frio, uma pena! Tinha grande potencial. Entre os aspectos positivos, Keanu Reeves não estraga o filme. A maioria fala mal do ator por ser robótico demais; e embora não seja digno de Oscar, aqui sua atuação "fria" não compromete o andamento. O elenco oriental segura bem o filme e os efeitos especiais são ótimos, justificando o alto valor do longa. Para completar, o figurino é ótimo e as coloridas roupas, penteados e ambientes internos casam bem com uma fotografia acima da média. Um épico belíssimo de se ver e reparar os detalhes, mas que não empolga na ação. O final é triste, mas não causará o impacto que devia. Em algum momento o elogio que o filme faz aos costumes orientais e ao próprio cinema de lá é válido, apenas poderia ser melhor dirigido e roteirizado.





Direção: Carl Rinsch


Elenco: Keanu Reeves, Hiroyuki Sanada, Kô Shibasaki, Tadanobu Asano, Rinko Kikuchi, Jin Akanishi, Yorick van Wageningen, Cary-Hiroyuki Tagawa.

Sinopse: do conto mais antigo da cultura japonesa, surge a aventura épica em 3D 47 Ronins. Keanu Reeves lidera o elenco como Kai, um excluído que se une a Oishi (Hiroyuki Sanada), o líder dos 47 Ronins. Juntos eles buscam vingança sobre o traiçoeiro soberano que matou seu mestre e baniu sua espécie. Para devolver a honra à sua pátria, os guerreiros embarcam em uma missão que os desafia com uma série de provas que destruiriam os guerreiros comuns.


                                               

                                                        Trailer:























Deixe seu comentário:



O Vigilante da Noite

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...