O WESTERN AO ‘DEUS DARÁ’ DE J. LEE THOMPSON


Lógica alguma decide o comentário da vez em "Eugenio em Filmes", que não a ilogicidade do sorteio. Números dispersos ‘pelo tabuleiro’ organizam a escolha. Até o momento, a boa sorte indicou comentários de filmes no mínimo aceitáveis e instigantes. Agora, o azar elegeu uma das mais vagabundas produções: O ouro de Mackenna (Mackenna’s gold), de J. Lee Thompson. Então, está bom! Assim seja! Espero manter o padrão do acaso quando o eleito versar sobre alguma aventura de Maciste, um western spaghetti de fundo de quintal ou seu similar feijoada, uma comédia com Lando Buzzanca, até um Jesse James contra Drácula, coisas às quais assistimos somente na inocência da infância ou quando tomamos a estúpida decisão racional de vê-las com o objetivo de criticar com base.




                                           O ouro de Mackenna
                                              Mackenna's Gold



Direção:
J. Lee Thompson

Produção:
Carl Foreman, Dimitri Tiomkin


Columbia Pictures Corporation, Highroad Productions


EUA - 1969


Elenco: Gregory Peck, Omar Sharif, Telly Savalas, Camilla Sparv, Keenan Wynn, Julie Newmar, Ted Cassidy, Lee J. Cobb, Raymond Massey, Burgess Meredith, Anthony Quayle, Edward G. Robinson, Eli Wallach, Eduardo Ciannelli, Dick Peabody, Rudy Diaz, Robert Phillips, Shelley Morrison, Robert Porter, John Garfield Jr., Pépe Callahan, Madeleine Taylor Holmes, Duke Hobbie, Victor Jory e o não creditado Trevor Bardette.

J. Lee Thompson me forneceu inesquecíveis momentos de prazer durante a infância. Deliciou-me, dos 8 aos 12 anos, com a aventura Taras Bulba, o cossaco (Taras Bulba, 1962), a comédia A guerra no harém (John Golfarb, please come home, 1964) e o drama bélico Os canhões de Navarone (The guns of Navarone, 1961). Dele ainda vi, em 1971, mal entrando na adolescência, o assustador — ao menos para a época — Círculo do medo (Cape fear, 1961).

Jamais revi algum desses filmes. Aliás, para evitar decepções é melhor não revê-los. Não depois de ser tardiamente exposto às imagens de O ouro de Mackenna, western tão ambicioso como malfadado, rodado por J. Lee Thompson em esplendorosos cenários naturais dos EUA: Grand Canyon, Chelly National Monument, Glen Canyon National Recreational Area, Mesas Hopi, Kanab, Flagstaff, Snow Canyon, Johnson Cayon, Rogue River e — sacrilégio dos sacrilégios — o fordiano Monument Valley.






Para continuar lendo, acesse:
http://cineugenio.blogspot.com/2013/02/o-western-aos-deus-dara-de-j-lee.html

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...