TOP 10 Adaptações de HQ's que não são diretamente sobre Super-Heróis:

Dentre o universo das HQ's, não são apenas os super-heróis que tem o seu lugar. Um exemplo disso é a recente adaptação de Noé - filme mediano baseado na HQ e não na bíblia. Depois de um TOP 10 falando deles (leia aqui), agora faço uma seleção de filmes que até podem ter alguns elementos de heroísmo, mas fogem um pouco deste lugar comum. Tentei ser eclético e ao mesmo tempo justo, colocando os que mais achei interessantes por diversos motivos. Só lembrando que há filmes que ainda não vi, então perdoem caso tenha deixado algum de fora. Vamos ao TOP 10 adaptações de HQ's que não são diretamente sobre super-heróis!



        10°- R.E.D. - Aposentado e Perigosos




Hilária mistura de ação e comédia, onde aposentados da CIA voltam à ativa para salvar o país. Roteiro ágil e piadas certeiras fazem deste filme uma das revelações do cinema de 2010. No elenco os veteranos Bruce Willis, Morgan Freeman e John Malkovich (simplesmente hilário). Mas é Helen Mirren que rouba a cena divando por absoluto. A continuação de 2013 vale ser vista, mas perdeu um pouco do fôlego.

                        9°- Dredd - O Juiz






Nos anos 90 Stallone estrelou o filme original. Mas numa grande surpresa em 2012, este remake é um exemplo raríssimo onde a regravação supera, e supera em muito o original! Repleto de gore e violência extrema, um visual cyberpunk e dark carregado e muito slow motion estiloso, o filme é adrenalina pura. Presença da marcante Lena Headey (de 300 e do seriado Game of Thrones) como a sádica vilã.

             8°- Darkman - Vingança Sem Rosto



Após dirigir a ótima trilogia de horror trash A Morte do Demônio (Evil Dead/Uma Noite Alucinante) e antes de dirigir a trilogia Homem Aranha com o Tobey Maguire; o visionário cineasta Sam Raimi fez o primeiro Darkman. Embora o personagem título vire um herói justiceiro, o filme caminha entre o suspense noir, elementos trash e elementos de filmes sobre máfia. Liam Neeson interpreta o herói desfigurado, que combate os criminosos culpados pela perda do seu rosto e de sua amada. Mistura de tristeza com humor negro fazem deste um excelente filme B noventista. Há duas continuações lançadas diretas em VHS que recomendo, são bem divertidas e o herói é vivido por Arnold Vosloo; o Imhotep de A Múmia.

                             7°- O Corvo




Outro clássico noventista. Foi durante as gravações deste filme que o astro e herói do longa morreu. No lugar da bala de festim; uma de verdade. Suspeita-se que a máfia ou alguma gangue envolvida na produção do filme fez isso. Morria Brandon Lee, filho do mestre e ícone em artes marciais Bruce Lee. 'O Corvo' é um filme que também tem elementos de herói, mas é obscuro, melancólico e poético. Apesar da direção pouco experiente de Alex Proyas (que mais tarde fez Eu, Robô e Presságio), o filme surpreende, assusta e emociona. Vários diálogos reflexivos e um tom de metáfora enchem a tela. Os efeitos especiais são ótimos e a trilha sonora é triste e sufocante. Vários sentimentos vem a tona com o longa. E além disso, percebe-se que Brandon Lee tinha talento, muito parecido inclusive com Heath Ledger, o Coringa de Batman - O Cavaleiro das Trevas. Uma grande e precoce perda para o cinema. Recebeu 3 continuações e uma série, mas não vi a nenhuma e não parecem ser boas.

                             6°- Oldboy







Um dos maiores e mais importantes filmes da história! Um suspense responsável por botar os coreanos em evidência no mundo do suspense. Um filme cru, frio, visceral e muito surpreendente. Chan-wook Park se revela um extraordinário e atento diretor, enquanto que Choi Min-sik arrebata em sua forte atuação. Recebeu um mediano remake americano, mas recomendo mesmo é este daqui. O filme seguidamente figura em listas como os 10 melhores filmes da história. Se você tem estômago e mente para isso, encare esta obra definitiva!


              5°- Scott Pilgrim Contra o Mundo




Ácido, irônico e muito engraçado, o filme é na verdade uma referência ao mundo nerd e geek. Falando de games e avatares, rock e instrumentos, quadrinhos e heróis, frases de filmes e muito mais, Scott Pilgrim Contra o Mundo é um elogio à cultura pop e sua metalinguagem. Na inesperada trama, um jovem "fracassado" precisa passar por diversas fases enquanto derrota os 7 super ex-namorados vilões da mocinha; para assim poder ficar com ela.
                         4°- O Procurado






Não me detonem! Este filme é genial. O russo Timur Bekmambetov dirige este que foi o filme mais eletrizante de 2008. E de lá para cá não vi nada do nível. Morgan Freeman e Angelina Jolie treinam o novato James McAvoy para ser um assassino de uma secreta ordem lendária, onde eles eliminam figuras importantes do cenário mundial toda vez que a misteriosa máquina do tear do destino lança o nome de quem deve ser morto. Ação frenética e pesada embalam o longa. Jolie está arrasadora e a cena do trem é uma das mais loucas dos últimos anos. Aqui as balas fazem curvas. Mas muito além disso, o filme mostra quando um fracassado decide tomar as rédeas de sua vida.

                                3°- 300






Poético, violento, emocionante, eletrizante. Visual deslumbrante. O visionário diretor Zack Snyder faz um cult pop instantâneo. Gerard Butler é Rei Leônidas de Esparta, que com seu bravo exército de apenas 300 homens resiste aos ataques do persa Xerxes (o brasileiro Rodrigo Santoro) nas regiões das Termópilas. Recebeu uma continuação inferior em 2014, onde o destaque é Eva Green. Mas este aqui é sem dúvidas um dos melhores filmes dos anos 2000.

              2°- Sin City - A Cidade do Pecado






Outro marcante filme dos anos 2000. Dirigido pelos brilhantes Quentin Tarantino e Robert Rodriguez, o filme é um dos mais originais e visualmente diferentes do cinema recente. As cenas sombrias e em preto e branco, contrastando com alguns elementos (sangue, peças de roupas) vermelhas e de cores fortes são um espetáculo. O clima é tenso, noir e lotado de humor negro e diálogos afiadíssimos. Assistir à este filme é como folhear a própria HQ de Frank Miller. O segundo filme intitulado A Dama Fatal e com Eva Green será lançado ainda em 2014 e é um dos que mais espero ver.


                          1°- V de Vingança







Na época em que passou nas telonas parece que não teve tanto efeito. Mas com o passar do tempo se tornou um clássico moderno. Isso se deve ao fato do filme tratar de questões e lançar discussões extremamente atuais. Governo, autoridade, liberdade, justiça, vingança, amor, morte. Tudo é filosofado e retratado em uma fábula pós-moderna melancólica e fria. Até onde se vai para derrubar um governo cruel e autoritário? Mas não é o seu estado de preguiça e conformismo mental sua maior ditadura autoritária? Estes são apenas alguns dos ideias pregados e afiados em V de Vingança, um dos filmes mais impactantes que você verá na vida. Duvido que após o término do filme você não fique pensando e refletindo sobre a sociedade e em si mesmo por alguns dias. Palmas!
*Bônus: Menção honrosa


                          30 Dias de Noite



Um dos poucos filmes de vampiro dos anos 2000 que de fato é bom e honra este ser místico. Isolados por uma escuridão e nevasca de 30 dias, os moradores de pequena localidade precisam enfrentar uma sanguinolenta raça visitante. Aqui os vampiros são uma raça com língua própria, aparência estranha (lembrando até mesmo extraterrestres) e não tem piedade. Um banho de sangue e horror. Teve uma mediana continuação lançada diretamente em DVD.

                              Do Inferno




Apesar de muitos não gostarem, este é um thriller de época ótimo. O brilhante Johnny Deep tenta descobrir quem é o terrível assassino em série, o famoso Jack Estripador, que assolou Londres e matou muitas mulheres. Um filme com direção firme e roteiro inteligente dentro do possível. Suspenses de época sempre são uma boa pedida. E este aqui não faz feio quando mostra a caça a um dos maiores assassinos da história.



Deixe seu comentário:



O Vigilante da Noite

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...