HITCHCOCK FRAGILIZA SEUS PERSONAGENS E FRACASSA NAS BILHETERIAS


Primeira Guerra Mundial: o Serviço Secreto Inglês precisa identificar e neutralizar um agente alemão baseado na Suíça. Mobiliza, para tanto, os esforços de um espião improvisado, uma auxiliar desinteressada e um assassino espalhafatoso. O público em geral não apreciou a realização e Agente Secreto (Secret Agent, 1936) fracassou nas bilheterias. Provavelmente porque Alfred Hitchcock afrontou códigos narrativos consolidados, fragilizou seus personagens e antecipou tendências mais contemporâneas do cinema.





                                               Agente secreto
                                                 Secret agent


Direção:
Alfred Hitchcock

Michael Balcon
Gaumont-British Picture Corporation Ltd., The Rank Organization


Inglaterra — 1936



Elenco: John Gielgud, Peter Lorre, Madeleine Carroll, Robert Young, Percy Marmont, Florence Kahn, Charles Carson, Lilli Palmer e os não creditados Denys Blakelock, Tom Helmore, Andreas Malandrinos, Howard Marion-Crawford, René Ray, Michael Rennie, Michael Redgrave, Michel Saint-Denis.


Diante da pergunta “Você ama seu país?”, o suposto norte-americano Richard Ashenden (Gielgud) — mais novo espião do serviço secreto britânico — responde oferecendo mostras do humor hitchcockiano: “Bem, eu acabei de morrer por ele”.

O nome Richard Ashenden é, na verdade, disfarce para o capitão Edgar Brodie, novelista renomado e às da aviação. Lutando contra os alemães nos céus da França durante a Primeira Guerra Mundial, é recrutado e deslocado do front para atuar como espião. O preparo da operação é cercado de sigilo. Ele, aparentemente, está morto. As primeiras, rápidas e solenes imagens do filme exibem um velório com caixão lacrado. Após a despedida dos presentes, o mordomo maneta, tomado de desajeitada decisão, desmonta todo o cenário revelando a urna vazia para o espectador surpreso.

Para continuar lendo, acesse: http://cineugenio.blogspot.com/2013/03/hitchcock-fragiliza-seus-personagens-e.html

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...