Crítica: Como Sobreviver a um Ataque Zumbi (2015, de Christopher Landon)


Todos concordam que 2015 não foi um bom ano para o terror, mas, não podemos dizer o mesmo para os 'terrir', tivemos bons exemplos desse subgênero com Cooties - A EpidemiaTerror Nos Bastidores e DeathgasmLançado em novembro de 2015 nos cinemas, Como Sobreviver a Um Ataque Zumbi também é um bom exemplo do subgênero, claro que, com certas ressalvas.

Na trama, conhecemos Ben (Tye Sheridan), Carter (Logan Miller) e Augie (Joey Morgan), o trio são grandes amigos que se conheceram quando eram crianças em um grupo de escoteiros. Entretanto, eles cresceram e agora Ben e Carter não veem mais graça na atividade, especialmente pelo fato de serem motivo de piada de todos os demais jovens da cidade. Augie, por sua vez, continua empolgado com a ideia de ser um escoteiro. Um dia, quando o trio está acampando, Ben e Carter deixam o local para ir a uma festa secreta. Só que, quando chegam à cidade, percebem que ela está tomada por zumbis que estão dispostos a matar qualquer um que surgir pela frente. Agora o trio deverá se unir para sobreviver a um surto zumbi e salvar seus amigos.


Assim como Cooties - A Epidemia, este filme mistura apocalipse zumbi com comédia, mas as semelhanças param por aí, principalmente no que se refere ao tom das piadas presente em ambos os longas. Enquanto o roteiro de Cooties aborda piadas mais inteligentes e de um humor mais ácido, este filme preferiu investir em piadas pastelonas e escrachadas, sendo a maioria de cunho sexual, bem ao estilo American Pie. Esse tipo de abordagem até funciona em uma ou outra cena, mas em vários momentos fica cansativa. Então para quem não gosta desse tipo de comédia 'besteirol' já é um aspecto negativo.

O elenco é bom e bem conhecido, mas o que prejudica mesmo são os personagens padrões que o filme apresenta, como os nerds que precisam provar que são "fodões" , os estudantes populares idiotas que sabemos que vão morrer a garota durona e gostosa que o protagonista sempre foi apaixonado. Realmente é de dar dó o tanto que o roteiro é preguiçoso, ele poderia muito bem ter investido em personagens mais interessantes e menos triviais. Ademais, o que deixa tudo mais irritante é que não precisa de muito esforço para saber quem vive ou quem morre, o roteiro poderia ter surpreendido o público na questão das mortes, mas, infelizmente optou pelo caminho mais fácil. Sinceramente estava torcendo para que todos morressem, menos o gordinho que para mim é o melhor personagem do filme, ele é bem carismático e engraçado, principalmente quando estava correndo dos zumbis.


Até que o roteiro tenta trazer a questão dos lanços amizade, mas sem muito desenvolvimento ou profundidade. Com um roteiro fraco e personagens sem graças o que ajuda a produção a decolar são as cenas de perseguições, o gore e as diversas referências ao mundo pop. Dentre as cenas que valem a pena destacar são a abertura, que é bem hilária e de certa forma interessante. As perseguições na boate e na delegacia também são muito boas e são bem tensas. Outra cena de perseguição bem engraçada é quando o gordinho é perseguido por um zumbi em uma casa; é hilário. A produção também capricha nas cenas mais fortes, os efeitos estão excelentes, principalmente a maquiagem dos zumbis. Já uma cena que achei bem nojenta é uma que envolven um pênis de zumbi; é muito escroto.

Como disse, os zumbis estão bem caracterizados, mas, um bom observador logo irá concluir que eles não possuem um padrão. Em determinado momento eles correm, já em outros eles são lentos e em algumas situações até parece que eles conseguem pensar, porém isso varia de zumbi para zumbi. Uma cena que posso citar é quando os garotos cantam uma cação da Britney Spears com um dos mortos-vivos (o que foi aquilo!?). Talvez isso seja um furo do roteiro, mas prefiro pensar que foi proposital.



O final como não poderia deixar de ser é bem previsível. Neste ponto a produção ficou a desejar, mas, o embate final é bem legal e rende momentos bem inspiradores. Enfim, Como Sobreviver a um Ataque Zumbi é um bom 'terrir'. Não é o melhor desse ano, mas, ainda sim cumpre o que promete. Apesar de ter muitas piadas infantis e voltadas para a pornografia,  o longa acerta em trazer várias sequências de perseguições tensas e ao mesmo tempo hilárias.



Título Original: Scouts Guide To The Zombie Apocalypse

Direção: Christopher Landon

Elenco: Tye Sheridan, Logan Miller, Joey Morgan, Sarah Dumont, David Koechner, Halston Sage, Cloris Leachman, Niki Koss, Hiram A. Murray, Lukas Gage, Drew Droege, Patrick Schwarzenegger, Blake Anderson, Elle Evans, 



Trailer:



Mais imagens:













Jackson Willian

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...