Crítica: À Prova de Morte (2007) de Quentin Tarantino




Quentin Tarantino é um cara polêmico. Conhecido pelos diálogos geniais, violência explícita, trilhas sonoras perfeitamente selecionadas, humor negro e podolatria, além de também abordar temas sensíveis como racismo e sexismo, é um diretor sem meio termos: ame-o ou odeie-o.


'À Prova de Morte' originalmente fazia parte do projeto 'Grindhouse', feito conjuntamente por Tarantino e Robert Rodriguez, com o filme 'Planeta Terror', que visava homenagear o gênero exploitation, o qual teve seu auge nas décadas de 60 e 70 e eram exibidos em locais que levavam o mesmo nome do projeto, porém  foi um fracasso de bilheteria e ambos decidiram separar os filmes e lança-los individualmente.


A trama se divide em dois segmentos, o primeiro se passa numa cidade isolada do Texas, e mostra o misógino Stuntman Mike, brilhantemente interpretado por Kurt Russell, um dublê de carros que persegue obsessivamente a DJ local Jungle Julia (Sydney Tamiia Poitier) e suas amigas Shanna (Jordan Ladd) e Arlene "Butterfly"(Vanessa Ferlito). Já no segundo segmento, a história se passa 14 meses depois, dessa vez na cidade de Lebanon, no Tennessee, onde Stuntman Mike vai em busca de suas outras vítimas para iniciar uma nova perseguição.

                           

Nesse filme, podemos ver os elementos característicos de Tarantino, incluindo o culto à beleza feminina, a podolatria que está sempre presente, uma trilha sonora que é certeira, e os diálogos, que apesar de não serem tão bem lapidados como na maioria de seus outros filmes, são bastante divertidos e ácidos, dá para se entreter muito. Além de claro, inúmeras referências aos filmes de exploitation, que por sinal, o diretor remonta muito bem com
elementos que remetem ao gênero.
    
'À Prova de Morte' é um dos filmes mais viscerais e cheios de ação que Tarantino já fez, e, particularmente falando, meu filme favorito do diretor.

                                            
NOTA: 9,5

                  

Direção: Quentin Tarantino

Elenco: Kurt Russell, Sydney Tamiia Poitier, Rosario Dawson, Zoe Bell, Vanessa Ferlito, Rose McGowanTracie Thoms, Mary Elizabeth Winstead

Sinopse: Ao cair da noite, Jungle Julia (Sydney Tamiia Poitier), a DJ mais sexy de Austin, pode enfim se divertir com as suas duas melhores amigas. As três garotas saem noite adentro, atraindo a atenção de todos os frequentadores masculinos dos bares e boates do Texas. Mas nem toda a atenção é inocente. Cobrindo de perto seus movimentos está Stuntman Mike (Kurt Russell), um rebelde inquieto e temperamental que se esconde atrás do volante do seu carro indestrutível.


                                                    Trailer:
                             











Por Luciana Ferreira




Deixa aí seu comentário:







Luciana Ferreira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...