Crítica: Os Excêntricos Tenenbaums (2001, de Wes Anderson)




Em se tratando de direção, roteiro e simetria, Wes Anderson dá um verdadeiro show, 'Os Excêntricos Tenenbaums' é um exemplo perfeito disso. Com um roteiro escrito por Wes Anderson em parceria com o ator Owen Wilson, que também integra o elenco do filme. 'Royal Tenenbaums' é uma comédia leve, bonita e emocionante.


O filme é todo narrado pela voz de Alec Baldwin e conta a história da família Tenenbaum. Royal (Gene Hackman) e Etheline (Anjelica Huston) são casados, tem 2 filhos, Chas (Ben Stiller), Richie (Luke Wilson) e adotam uma terceira filha, Margot (Gwyneth Paltrow), mas logo após disso decidem se separar e Royal se torna ausente na vida de seus filhos. Cada um dos filhos possui um talento específico diferente. Chas tem um dom para lidar com finanças, o que faz com que ganhe sempre muito dinheiro. Richie se torna um tenista profissional e Margot é uma dramaturga de sucesso. Eli Cash (Owen Wilson), um amigo que mora na vizinhança e é praticamente parte da família, cresce junto com os 3 excêntricos filhos. Após 22 anos, todos acabam tendo seu sucesso completamente esquecido por motivos diferentes, ao mesmo tempo em que Royal acaba falindo, e decide retornar para tentar reatar laços e unir sua família novamente.

 

Apesar de o plot não ter nada de muito inovador, Wes o desenvolve brilhantemente bem utilizando seus elementos característicos. Os personagens são profundos e desenvolvem relações bastante complexas entre si. Os tons pastel e a simetria são um deleite visual, além de ter uma trilha sonora linda e muito bem escolhida. As atuações são sensacionais, é muito interessante ver os irmãos Owen e Luke Wilson atuando juntos. Além do elenco principal de peso, temos Bill Murray e Danny Glover como excelentes coadjuvantes.
'Os Excêntricos Tenenbaums' é um filme lindo tanto visualmente quanto técnicamente, ideal para quem quer relaxar, se divertir e se emocionar.

NOTA: 8,0

Elenco: Alec Baldwin, Gene Hackman, Anjelica Huston, Owen Wilson, Gyneth Paltrow, Luke Wilson, Ben Stiller, Danny Glover, Bill Murray, Kumar Pallana

Sinopse: O advogado Royal Tenenbaum e sua esposa arqueóloga Etheline Tenenbaum tiveram dois filhos, Chas e Richie e adotaram Margot com dois anos, e logo depois resolveram se separar mas legalmente continuaram casados. Com o apoio da mãe e apesar da irresponsabilidade excêntrica do pai, cada um dos filhos ainda adolescente demonstrou talentos diferentes, tornando-se todos bem-sucedidos: Chas possuía um dom natural para finanças e ganhara muito dinheiro, Margot se tornara uma dramaturga de sucesso e Richie, um importante tenista profissional. Um amigo da vizinhança, Eli Cash, acompanhou os irmãos quase que como um membro da família, desde criança. Vinte e dois anos depois, porém, a história de sucesso dos três jovens Tenenbaums é esquecida por diferentes motivos: Chas ficou viúvo e se tornou superprotetor de seus filhos, Margot se casou com o neurologista St.Clair mas esconde uma paixão secreta por Richie que por sua vez sofre um abalo nervoso após o casamento da irmã, a quem também ama. Eli consegue sucesso como escritor, porém, está com um sério problema com drogas. É nesse momento que Royal, após falir financeiramente, resolve reatar os antigos laços entre os Tenenbaums e lutar pelo amor de Etheline, que está prestes a se casar com seu contador, Henry Sherman (Danny Glover). 



Trailer:










Deixa aí seu comentário! 


Por Luciana Ferreira

Luciana Ferreira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...