Crítica: Cão Vermelho (2011, de Kriv Stenders)


Filmes que envolvem cães sempre me fascinaram e 'Cão Vermelho' foi um dos melhores que conferi até hoje, atrás de 'Sempre Ao Seu Lado' (que eu chorei igual a um condenado). Já começa por este também ser baseado em fatos reais. Saber que o cachorro realmente existiu e fez tudo o que o longa retratou é outra coisa, comparada com quando você assiste a um filme comum sobre cães, mas não passa de uma obra fictícia. Com direito a pitadas de comédia, ele com certeza vai emocionar até os corações mais fortes.


A trama gira em torno do famoso 'Cão Vermelho' (Koko), que ao passar por uma pequena comunidade australiana, passa a fazer parte da vida daquelas pessoas. Ele cativou o coração de muita gente ao cruzar os desertos escaldantes da Austrália em busca de seu dono, John Grant (Josh Lucas). Foi também membro de várias instituições, inclusive a União de Transportes da Austrália. Ele ficou conhecido pelo povo de lá como o "Viajante de Pilbara" e o filme é a adaptação de um livro inspirado na vida de 'Red Dog'. Admito que me lembrou muito o 'Sempre Ao Seu Lado', em vários aspectos; o principal foi do cão em questão procurar seu dono quando o mesmo já havia falecido. Quer animal mais leal que esse, gente? Não tem!



O elenco não foi ruim não. Temos aqui Josh Lucas, de 'O Resgate', 'Um Lugar Para Recomeçar', 'O Poder E A Lei' e 'Hulk', atuando muito bem no papel de John Grant. Além de Rachael Taylor, de 'Transformers', 'A Hora da Escuridão', 'A Lenda Dos Guardiões' e 'Jessica Jones', interpretando Nancy, a mulher de John. Sua personagem rende uma das cenas mais emocionantes do longa! Já Noah Taylor, de 'A Fantástica Fábrica de Chocolate' foi o que teve sua atuação um pouco inferior, mas nada que chegue a classificá-la como péssima.



Com tiradas cômicas, ele é o típico filme que nos prende do primeiro ao último minuto. Não possui um enredo complicado de entender e o roteiro apresenta poucas falhas notáveis; o contexto não é nada extraordinário, mas te convence a acompanhar até o final. Veio com a premissa de ser mais um filme comum, mas acaba fazendo você rir, chorar e amar ainda mais os cachorros. Possui ainda a participação de personagens peculiares e muito divertidos, utilizando-se de vários temas como lealdade, amor, amizade, união e infortúnio. É praticamente uma mescla de vários gêneros, mas tudo na medida certa. Em síntese, concluí que a moral da história não poderia deixar de ser esta: "O Cão é o Melhor Amigo do Homem!". Altamente recomendado!


Nota: 9,5

Direção: Kriv Stenders

Elenco: Josh Lucas, Rachael Taylor, Noah Taylor, Alex Williamson, Arthur Angel, Bill Hunter, Brett Heath, Costa Ronin, Eamon Farren, Jacqy Phillips, John Batchelor, John Leary, Keisha Castle-Hughes, Loene Carmen, Luke Ford, Neil Pigot, Paul Blackwell, Rohan Nichol, Shingo Usami, Tiffany Lyndall-Knight, Yure Covich.


Trailer:

Mais imagens do filme:






E aí? O que achou? Deixe seu comentário!

Eduardo Ben

Sou um jovem que curte bastante cinema, inglês, ler e jogar de vez em quando.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...