Crítica: Jason Bourne (2016, de Paul Greengrass)


Em 2002, Doug Liman lançou 'A Identidade Bourne', filme baseado nos livros de mesmo nome, escritos por Robert Ludlum. Sucesso de público, ele estrelava Matt Damon como o personagem principal. Em 2004, a sequência foi dirigida por Paul Greengrass, que embora fosse outro diretor, não decaiu em nada o nível do filme. Já o terceiro de 2007, havia sido considerado o maioral, dados os eventos sucessivos até então. Quanto ao quarto longa, 'O Legado Bourne' recebeu o mesmo título e vinha com a premissa de expandir o universo da saga, apresentando um novo herói cujas escolhas seriam resultado dos eventos apresentados nos três primeiros. Em novembro de 2014, o ator confirmou retorno à franquia e essa semana, o quinto filme estreou nos cinemas e só pelo trailer, a expectativa dos fãs foi altíssima! E com isso, afirmo que não irão se decepcionar, pois vale a pena cada centavo gasto.


A trama acompanha o icônico Jason Bourne, que fora do radar como lutador de rua, é surpreendido por Nicky Parsons (Julia Styles), incrível atriz que regressa após sua participação em todos os anteriores. Ela o procura oferecendo novas informações sobre seu passado. Inicialmente resistente, ele acaba voltando aos EUA para continuar a investigação e acaba virando alvo do ex-chefe, Robert Dewey (Tommy Lee Jones), que teve mais um vazamento de dados. Dentro da CIA, todavia, a novata Heather Lee (Alicia Vikander) acredita que tentar recrutar Bourne para a agência seja a melhor opção.



Falando sobre o roteiro: foi mirabolante! Do início ao fim, tudo nos é explicado de forma coesa, sem defeitos a mencionar. Se houve algum, eu pelo menos não fui capaz de notar, pois como fã da saga, nem preocupei com isso, afinal quase não piscava durante suas 2 horas de exibição que passaram despercebidas! Temos um elenco competente, formado pelo astro Matt Damon, de 'Os Irmãos Grimm', 'Contágio' 'Elysium', 'Interestelar' e o ótimo 'Perdido em Marte', cujo personagem arrebenta como Jason Bourne e mostra que aos 46 anos, ainda leva jeito para o ofício! Há o retorno da bela Julia Styles, de '10 Coisas Que Eu Odeio em Você', 'No Balanço do Amor', 'O Lado Bom da Vida' e 'Circuito Fechado', que apesar da curta participação, não decepcionou. Contamos ainda com novos rostos, como Alicia Vikander, de 'O Sétimo Filho', 'Ex-Machina - Instinto Artificial' e 'O Agente da U.N.C.L.E', como Heather Lee, chefe da segurança cibernética que atua de forma incrível; tanto que seu papel foi um dos que me chamou mais a atenção, visto que quase não sabemos de qual lado ela realmente está. Além de Vincent Cassel, de 'Cisne Negro', 'Fora de Rumo' e 'O Conto dos Contos' e 'A Bela e a Fera' (2014), cujo papel rende uma das cenas mais tensas do longa. E não poderia deixar de citar o veterano Tommy Lee Jones, de 'Batman Eternamente', 'MIB - Homens de Preto', 'Desaparecidas', 'A Família' e 'Dívida de Honra', como o nebuloso diretor da CIA, Robert Dewey. Sua performance até que foi verossímil. Com relação aos efeitos especiais, foram um show à parte! Temos ali diversas cenas de perseguições em carros, com um jogo de câmera espetacular. Já os momentos finais, foram impressionantes. Em suma, está tudo está na medida certa!


Interessante como o diretor conseguiu manter o mesmo ritmo que os outros filmes, com momentos de ação ininterruptas, que deixam aflito e alucinado ao mesmo tempo! Logo, recomendo-o não somente os fãs da série, mas para todos os públicos, pois possui tudo o que um filme de ação necessita: ação, mistério, reviravoltas, tiros, explosões, atores convincentes e acima de tudo, uma trama envolvente! Tudo isso está presente em 'Jason Bourne'; será uma grata surpresa para o espectador acompanhar a jornada de Bourne do início ao desfecho, que deixa ganchos para uma possível sequência. Portanto, fica a indicação para seu fim de semana que seguramente será um triunfo para apreciadores de thrillers inteligentes. Sem dúvida, um dos melhores filmes de ação do ano até agora. Filmaço!



Nota: 10!

Direção: Paul Greengrass

Elenco: Matt Damon, Tommy Lee Jones, Alicia Vikander, Vincent Cassel, Julia Styles, Riz Ahmed, Ato Sheperd, Bill Camp, Vinzenz Kiefer, Stephen Kunken, Ben Stylianou, Kaya Yuzuki, Matthew O'Neill, Lizzie Phillips, Paris Stangl, Matt Blair, Amy De Bhrún, Akie Kotabe, Robin Crouch, Joe Kennard, Miguel Alves-Khan, Gregg Henry.


Trailer:

Mais imagens do filme:






E aí, o que achou? Não gostou? Deixe seu comentário!


Eduardo Ben

Sou um jovem que curte bastante cinema, inglês, ler e jogar de vez em quando.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...