Crítica: Keanu (2016, de Peter Atencio) - Uma das Melhores Comédias de 2016!





Não é mistério que o gênero das comédias talvez seja um dos mais banalizados do cinema, o que acaba ocasionando um excesso de filmes sem graça e fracos. Realmente é um dos gêneros mais prejudicados da atualidade, possivelmente pelo excesso de piadas repetitivas. Mas de vez em quando surge algo bacana. Algo que surpreende e realmente diverte. E a grande surpresa nesse gênero em 2016 é este filme aqui. Ao menos por enquanto, 'Keanu' se posiciona como a melhor comédia do ano até então. A trama traz dois amigos com suas vidas pacatas e chatas, até que um gatinho (o tal Keanu) é adotado por um deles. Quando traficantes capturam o gatinho, os dois se infiltram no "gueto" e se metem em situações que são em uns momentos engraçadas, em outros violentos.


Interessante como que o roteiro não é original. Temos a típica comédia de ação com uma dupla de amigos se infiltrando em um mundo que não é o deles. Algo estilo 'Anjos da Lei' e principalmente 'As Branquelas'. Porém é na maneira consideravelmente original que o roteiro brinca e trabalha com os clichês que o filme apresenta um trunfo. As piadas típicas de esquetes e "sitcoms" são elaboradas em cima de situações tragicômicas e de humor negro, envolvendo mortes, tiros e sangue. Nada muito extremo, não é um filme que chega a chocar, mas é irônica esta "pegada" trágica típica de filmes de "marginais do gueto". Enquanto que Rell só quer o gatinho de volta, Clarence se revela gostar de brincar de bandido. 


Os personagens são bastante engraçados. O maior acerto está na dupla protagonista. Os atores Jordan Peele Rell e Keegan-Michael Key (que também assinam a produção) tem bastante química em cena e protagonizam algumas boas piadas. Vale salientar que eles também interpretam (de baixo da maquiagem e figurino escuros) uma dupla de míticos assassinos de gangues. O gatinho título é fofo e arranca a atenção em diversas cenas. Engraçado que enquanto temos toda uma trama policial com tiros e ação, todos personagens se "derretem" pelo gatinho, até aqueles traficantes mais sádicos. Isso não apenas representa o amor aos pets que todos tem, mas torna ambígua a imagem das personagens. Quem disse que alguém que vive fora da lei não pode ser bom com um animal de estimação? É irônico, é bobo, mas não deixa de ser algo crítico.

O filme ainda traz diversas sacadas nerds ou de referência à cultura pop. Com menções que passam de 'Todo Mundo em Pânico' (participação de Anna Faris como piada interna) até 'Matrix', temos diversos elementos conhecidos. Temos cenas de ação em câmera lenta que lembram a trilogia 'Matrix', além da participação de Keanu Reeves (o nome do gato é Keanu, sacou?) dublando o gato numa cena alucinógena. Sem falar em toda a trilha sonora do George Michael, que rende diversas piadas ótimas. Enfim, para quem gosta de comédias sem "pé-nem cabeça", 'Keanu' é uma ótima pedida, por ser realmente engraçado. Traz diversas ironias e as cenas de ação são muito bem dirigidas por Peter Atencio. Fico imaginando que este cineasta novato se daria bem dirigindo um filme policial ou até mesmo de ficção científica, fiquemos de olho nele! E finalizando eu deixo as perguntas:

- Você também ama seu gatinho? Até onde iria por ele?

NOTA: 9


Título Original: 

Direção: Peter Atencio

Elenco: Jordan Peele Rell, Keegan-Michael Key, David A Cole, Anna Faris, Escalante Lundy, Ian Casselberry, Jason Mitchell, Keanu Reeves, Luis Guzmán, Madison Wolfe, Method Man, Nia Long, Reginal Varice, Rob Huebel, Susan McBrien, Tiffany Haddish, Will Forte.

Sinopse: dois amigos levam uma vida tranquila e sem grandes surpresas até que o gato de um deles é roubado. Em busca do plano perfeito para recuperar o animal, os dois decidem se passar por traficantes, membros de uma gangue de rua perigosa, embarcando em uma louca jornada atrás do gato.


Trailer: 








  
  










Deixe seu comentário: 


Minha Visão do Cinema

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...