Crítica: Corações Perdidos (2010, de Jake Scott)



Corações Perdidos é um filme estrelado por James Gandolfini, Melissa Leo e Kristen Stewart. O longa, dirigido por Jake Scott, foi lançado em Outubro de 2010 nos EUA, chegando ao Brasil em Julho do ano seguinte direto em DVD. Se trata de um drama que envolve uma baita mensagem por trás, nos levando a refletir sobre laços de família, superação, amizades inesperadas, enfim, a vida. Entretanto, diria que é um filme para poucos, pois a maneira como a história nos é mostrada pode parecer um tanto arrastada à primeira vista. Em minha visão, este não foi um aspecto negativo que me fez perder o interesse, mas levando em conta que nem todo mundo gosta do gênero drama é que o recomendo especialmente para quem o aprecia. O trailer deixa isso bem claro.




A trama gira em torno do casal Doug e Lois Riley, que tiveram o casamento abalado devido a uma tragédia familiar, ocorrida anos atrás. Com o tempo, eles se distanciaram cada vez mais. Um dia, Doug vai a Nova Orleans para participar de uma conferência e lá conhece Mallory (Kristen Stewart), uma jovem que trabalha em casas de striptease. Decidido a ajudá-la, Doug permanece na cidade. Porém, a situação logo provoca estranheza em Lois, que decide ir à cidade para encontrar o marido e entender o que está acontecendo. O enredo aqui é simples, uma vez que aborda questões relevantes como sobrelevação, resgate de confiança e a prática daquele velho ditado: "a união faz a força". Há certas cenas onde o vínculo que é criado entre os três "corações perdidos" lembra uma frase de Abraham Lincoln, que diz: "não te esqueças que os estranhos são amigos que ainda não conheces."



Com relação ao elenco: começando pelo eterno James Gandolfini, que faleceu em Junho de 2013, aos 51 anos. O ator, norte-americano, é conhecido por atuar em filmes como A Entrega, À Procura do Amor e no famoso seriado The Sopranos. Ele até se saiu bem, porém de modo relativo. Doug é um sujeito insolente, um pai que devido a uma tragédia se transformou em outra pessoa, alguém com quem não é fácil lidar; nesse sentido é que faltou mais emoção da sua parte, mas no geral, está aceitável. Já Melissa Leo, da série Wayward Pines, está perfeita. Que atriz! Ela arrasa na maioria dos seus papéis e aqui ela encarna Lois, uma mãe abalada pela trágica perda da filha, cuja ligação era muito forte. Ela sim, transmite todo o sentimento de tristeza que uma mulher em depressão é capaz de expressar. Palmas!



Quanto a "bela" Kristen Stewart, que desde O Quarto do Pânico até Café Society, teve o reconhecimento - ou até ódio - de ambos público jovem e adulto ao interpretar a protagonista principal da saga Crepúsculo. Na pele da stripper Mallory, ela continua sem uma expressão facial definida, entregando mais do mesmo ao espectador. Entre "caras e bocas" ela sorri algumas vezes no decorrer das cenas, o que acaba cativando quem gosta mais da atriz. Inclusive é possível notar como a partir do momento em que Doug a conhece, ela está suja e toda acabada e precisa urgente de alguém que a ajude a ver o mundo do lado de fora. Atores secundários como Vivian (Eisa Davis), Ed (David Ansen) e Sharon (Sharon Landry) não foram tão aprofundados, porém constituem de sua importância em momentos específicos da trama.


A sua duração é de 1 hora e 50 minutos e por conta do que citei no início da crítica (sobre o desenrolar arrastado), ela pode ser um fardo aos menos pacientes. A trilha sonora é bem conduzida; temos faixas de Marc Streitenfeld - mesmo compositor de Prometheus e Robin Hood - e que competem com aquele ambiente retrô de Nova Orleans e a realidade vivida pelo trio principal de personagens. Em síntese, indico-o para quem gosta de filmes que apesar do ritmo lento, não deixam de chamar a atenção do telespectador (pelo menos da minha não deixou). Veria novamente sem problemas, já que a química entre James e Melissa funciona e Kristen - embora pouco carismática - merece meu respeito por ter sido uma atriz mirim plausível em longas como O Silêncio de Melinda e Os Mensageiros. Não me julguem...rs





Título Original: Welcome to the Rileys

Direção: Jake Scott

Elenco: James Galdolfini, Kristen Stewart, Melissa Leo, Ally Sheedy, David Jensen, Deneen Tyler, Eisa Davis, Elliott Grey, Greg Di Leo, Jack Moore, Joe Chrest, Kathy Lamkin, Ken Hixon, Kerry Cahill, Lance E. Nichols, Lara Grice, Michael Wozniak, Peggy Walton-Walker, Russell Steinberg, Sharon Landy, Tiffany Coty.

Sinopse: Um casal que precisa enfrentar a morte da filha conhecem Mallory (Kristen Stewart), uma adolescente e moradora de rua que ganha a vida se prostituindo e fazendo shows de striptease. A partir daí, nada mais será o mesmo.

Trailer:



Mais imagens do filme:







E aí, já assistiu o filme? Conta pra gente nos comentários abaixo!

Eduardo Ben

Sou um jovem que curte bastante cinema, inglês, ler e jogar de vez em quando.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...