Crítica: O Hóspede (2014, de Adam Wingard)



The Guest ou O Hóspede é uma produção de 2014 dirigido pelo competente Adam Wingard que já mostrou talento comandando o eficiente Você é o Próximo e o recente Bruxa de Blair. O cara atualmente está envolvido com a aguardada adaptação de 'Death Note' previsto para ser lançado em 2017. Considero O Hóspede até agora seu melhor trabalho, mas curiosamente e infelizmente é o menos conhecido do público.




A trama é centrada na família Peterson que certo dia recebe a visita de David (Dan Stevens) um ex-militar recém dispensado que diz ser um amigo do filho mais velho dos Peterson, morto em combate. Sem ter para onde ir o estranho acaba sendo abrigado pela família. Não demora muito para que ele se envolva com os dramas da família e seja visto como uma lembrança do filho/irmão falecido. Mas será que tal hóspede é realmente confiável?


Antes de tudo o roteiro já acerta em criar um perfil para os personagens com o qual podemos nos identificar e torcer, os membros da família Peterson além de terem que lidar com a perda de um parente também têm que resolver seus próprios problemas. Neste contexto a chegada do misterioso David muda a rotina da família que pouco a pouco vai se aproximando e ganhando a confiança de cada um deles. Até esse ponto estamos tão envolvidos com os dramas de cada um que os eventos que se seguem são um verdadeiro tapa na cara.

Boa parte da eficiência do longa se deve a Adam Wingard que conseguiu de forma competente trabalhar naturalmente vários gêneros e o melhor sem excessos.  O drama nunca chega a ser melodramático ou chato, ele na verdade ajuda muito na empatia com os personagens. O suspense fica por conta das atitudes de David que sempre deixam aquela sensação de que alguma coisa não está certa. Já ação é bem dosada, o melhor é que essas sequências são regadas com bastante violência, o que me agradou muito. Outro detalhe que ajuda na qualidade da produção é a nostálgica trilha sonora que resgata as batidas eletrônicas dos anos 80  que acabam dando um charme a mais para história.


O elenco é outro ponto que deve ser bastante elogiado. Dan Stevens (Caçada Mortal) sem sombra de dúvidas rouba a cena interpretando o misterioso David, que aparenta ser o típico bom moço, educado, simpático e charmoso, mas a virtudes acabam sendo contrapostas com olhares frios, calculistas e algumas vezes intimidadores, impossível não amar o personagem. Outros que também fazem um bom trabalho são Maika Monroe (Corrente do Mal) e Brendan Meyer (da websérie Fear The Walking Dead: Flight 462) que interpretam com competência os filhos dos Peterson.

No geral, O Hóspede mostra ser um produto de ótima qualidade que agradará a maioria dos que assistirem. O longa simplesmente surpreende apresentando uma trama contagiante, bem conduzida e repleto de personagens carismáticos. Com algumas reviravoltas interessantes, boas doses de suspense e ação e claro com uma trilha sonora envolvente, a produção é uma ótima opção para quem procura um  entretenimento de qualidade. Mais do que recomendado.



Título Original: The Guest

Direção: Adam Wingard

Elenco: Dan Stevens, Maika Monroe, Brendan Meyer, Sheila Kelley, Leland Orser, Lance Reddick, Tabatha Shaun, Chase Williamson, Joel David Moore, Steve Brown, Brenden Wedner, Alex Kinight,  Ethan Embry, Frank Bond, Jesse Luken, Kelsey Leos Montoya, Justin Yu, AJ Bowen.



Trailer:















Gostou? Não Gostou ou tem alguma sugestão? Deixe seu comentário!!!

Jackson Willian

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...