In Memoriam: Os artistas que nos deixaram em 2016


Quando o ano de 2016 estava em seus últimos dias, muitas pessoas estavam comemorando seu fim. Isso porque foi um ano onde coisas muito inesperadas - e bem ruins - aconteceram. Houve principalmente, muitas mortes de celebridades. Para os cinéfilos não foi diferente, tivemos grandes perdas para a Sétima Arte em 2016 que deixaram todos nós muito tristes. Então nossa equipe decidiu fazer uma pequena retrospectiva e homenagem àqueles que partiram.

David Bowie


David Bowie faleceu aos 69 anos por causa de um câncer no fígado, doença a qual o cantor manteve em segredo. O Camaleão do Rock partiu no dia 10 de janeiro, apenas dois dias depois do lançamento de seu último álbum, Blackstar. Bowie também teve sua parte no mundo cinematográfico, atuando em diversos filmes que se tornaram clássicos com o tempo, como O Homem Que Caiu Na Terra, Fome de Viver e Labirinto – A Magia do Tempo. Além de trabalhar com diretores de peso, como David Lynch em Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura e Christopher Nolan em O Grande Truque.


Alan Rickman


Alan Rickman, nosso eterno professor Snape da saga Harry Potter e vilão Hans Gruber de Duro de Matar, faleceu aos 69 anos por causa de um câncer no pâncreas. O ator britânico nos deixou no dia 14 de janeiro. Além de ser conhecido pela saga dos bruxos, Rickman também atuou em Sweeney Todd, Perfume – A História de um Assassino e Ilha do Medo.


Abbas Kiarostami


Não é possível conversar sobre cinema sem falar de Abbas Kiarostami. O iraniano é um dos principais cineastas do Irã e um dos melhores diretores cinematográficos da história do Cinema, servindo de influência para inúmeros diretores como Xavier Dolan, Jean-Luc Godard, Federico Fellini, Martin Scorsese e diversos outros. Kiarostami morreu aos 76 anos no dia 4 de julho devido a um câncer gastrointestinal que estava tratando em Paris. Abbas também dirigiu os aclamados Gosto de Cereja, Close-Up e Cópia Fiel com Juliette Binoche.


Carrie Fisher


Carrie Fisher, nossa eterna Princesa Leia da saga Star Wars, faleceu no dia 27 de dezembro após sofrer um ataque cardíaco em um avião e ficar quatro dias internada. A atriz tinha 60 anos, voltava do Reino Unido e ia para Los Angeles, onde morava e ia passar o fim de ano com a família. Produtores afirmam que a atriz finalizou as gravações do próximo filme de Star Wars: Episódio VIII, e que a Princesa Leia aparecerá no filme. Além de sua icônica personagem na saga, Carrie também atuou em Os Irmãos Cara-de-Pau, Harry e Sally - Feitos Um para o Outro e Hannah e Suas Irmãs de Woody Allen.


Debbie Reynolds


A atriz Debbie Reynolds - mãe de Carrie Fisher - conhecida principalmente por seus trabalhos em Cantando na Chuva, A Flor do Pântano e A Inconquistável Molly, faleceu no dia 28 de dezembro, um dia depois de sua filha, devido a complicações de um acidente vascular cerebral. Debbie e Carrie estavam gravando um documentário da HBO chamado Bright Lights sobre o laço entre as duas.

Ryan Gosling lamentou a morte de Debbie Reynolds e disse que a atriz foi uma imensa inspiração para todos os envolvidos no novo filme do diretor Damien Chazelle, La La Land.


Prince


Prince, um dos maiores ícones da música pop de todos os tempos, faleceu aos 57 anos de uma overdose acidental de fentanil (um forte analgésico). Assim como Bowie, Prince também se aventurou no mundo do cinema. Purple Rain, o primeiro longa estrelado pelo cantor se tornou um filme cult com o tempo e abriu portas para Prince dirigir seus próprios filmes, que foram três: Under the Sherry Moon, Sign o' the Times e Graffiti Bridge.


Gene Wilder


O ator que deu vida ao icônico Willy Wonka de A Fantástica Fábrica de Chocolate de 1971 faleceu aos 83 anos devido a complicações com a doença Alzheimer, ele sabia de sua doença há três anos, mas preferiu manter em sigilo. Gene Wilder também atuou em Banzé no Oeste, Tudo o Que Você Sempre Quis Saber Sobre Sexo (Mas Tinha Medo de Perguntar) de Woody Allen e O Jovem Frankenstein de Mel Brooks.


Kenny Baker


Outro distúrbio na Força. Kenny Baker interpretava o carismático droide R2-D2 de Star Wars. O ator também participou da volta da saga em 2015 com Star Wars: O Despertar da Força. Baker faleceu aos 81 anos, no dia 13 de agosto, e estava com problemas de saúde há anos. O ator também trabalhou em Flash Gordon, Amadeus, Bandidos do Tempo e O Homem Elefante de David Lynch.


Ettore Scola


Ettore Scola, um dos maiores e mais importantes diretores italianos da história do Cinema, faleceu no dia 19 de janeiro aos 84 anos. O diretor estava internado na ala de cardiologia, em coma por três dias. Scola é conhecido pelos seus mais premiados filmes, como Feios, Sujos e Malvados A Família. Além de Nós Que Nos Amávamos Tanto e Um Dia Muito Especial. E trabalhou com inúmeros atores italianos de renome como Marcello Mastroianni, Sophia Loren, Vittorio Gassman e Nino Manfredi.


Peter Vaughan


Peter Vaughan é um ator britânico conhecido principalmente por seu papel na série da HBO, Game of Thrones, como o Meistre Aemon. Atuou também em Brazil de Terry Gilliam e Sob o Domínio do Medo de Sam Peckinpah. Vaughan faleceu aos 93 anos no dia 6 de dezembro, e a família optou por não revelar a causa de sua morte.


Anton Yelchin


Anton Yelchin, jovem ator de 27 anos, teve uma morte inesperada e trágica, faleceu em um acidente com seu próprio carro no dia 19 de junho. Anton tinha estacionado seu carro em frente à sua casa e quando foi abrir o portão, o carro avançou em cima do ator e o esmagou na parede. O carro estava em estado de recall. Yelchin nasceu na Rússia e começava a dar suas primeiras aparições maiores no cinema com a saga Star Trek, e os filmes Sala Verde, Força Para Viver, Loucamente Apaixonados e Amantes Eternos de Jim Jarmusch.


Bud Spencer


Bud Spencer foi um ator italiano conhecido por seus filmes violentos clássicos de western spaguetti. Seus trabalhos de maior reconhecimento são ao lado de Terence Hill em cerca de vinte longas, entre eles, Deus Perdoa, Eu Não!, A Dupla Explosiva, Trinity É o Meu Nome, Os Quatro da Ave Maria e A Colina dos Homens Maus. O ator faleceu aos 86 anos, no dia 27 de junho.


Leonard Cohen


Cohen não teve participação direta com o cinema, mas muitas de suas músicas deram vida a incontáveis filmes. O longa McCabe & Mrs. Miller de Robert Altman (que serviu de inspiração para o último longa do diretor mexicano Alejandro G. Iñárritu, O Regresso) tem sua trilha sonora composta por apenas três músicas de Leonard Cohen. Além de sua icônica canção, Hallelujah, ser utilizada em incontáveis filmes.


Héctor Babenco


Héctor Babenco foi um diretor argentino naturalizado brasileiro, que faleceu aos 70 anos, após uma parada cardiorrespiratória no dia 13 de julho. Héctor dirigiu diversos filmes no Brasil, como Pixote, a Lei do Mais Fraco e Carandiru: O Filme. O diretor também trabalhou em filmes brasileiros em parceria com o estrangeiro, em O Beijo da Mulher-Aranha (que rendeu a Babenco uma indicação ao Oscar de Melhor Diretor) e o recente Meu Amigo Hindu estrelado por Williem Dafoe. Além de um longa estadunidense, Ironweed com Meryl Streep e Jack Nicholson.


Garry Marshall


O diretor Garry Marshall faleceu aos 84 anos, em decorrência de complicações com um derrame e uma pneumonia. Marshall nos deixou no dia 19 de julho e era conhecido por suas comédias românticas agridoces como Uma Linda MulherNoiva em Fuga, Frankie & JohnnyIdas e Vindas do AmorO Diário da Princesa.


Elke Maravilha


Elke Maravilha faleceu no dia 16 de agosto, aos 71 anos. A atriz nascida na Rússia com cidadania alemã radicada no Brasil, era conhecida pelo seu visual excêntrico e extravagante. Elke foi operada de uma úlcera e ficou em coma induzido por dois meses, e como era diabética, não tomou seus medicamentos e acabou falecendo. Atuou em vários filmes como Xica da Silva, Quando o Carnaval ChegarPixote, a Lei do Mais Fraco de Héctor Babenco.


Domingos Montagner


Domingos Montagner morreu afogado no rio São Francisco, na Região de Canindé de São Francisco, no meio das gravações da novela Velho Chico que estava em seus últimos capítulos. O ator faleceu no dia 15 de setembro, aos 54 anos. Montagner era muito conhecido na TV brasileira, tendo trabalhado em diversas novelas da Globo, como DivãCordel Encantado, Sete Vidas, Joia Rara e Salve Jorge. Além de longas como A Grande Vitória e Gonzaga: de Pai para Filho.


Rubén Aguirre


Rubén Aguirre, eterno professor Jirafales da série mexicana Chaves, faleceu no dia 17 de junho, apenas dois dias depois de fazer 82 anos. O ator já estava enfrentando sérios problemas de saúde como diabetes, insuficiência renal e cálculo renal. Além de Chaves, Aguirre também atuou em Chapolin Colorado com Roberto Gómez Bolaños, uma série que parodiava os heróis estadunidenses e fazia críticas sociais.


Guilherme Karam


Guilherme Karam, ator conhecido por seus trabalhos da TV Pirata e por longas ao lado de Xuxa Meneghel, faleceu no dia 7 de julho, aos 58 anos de idade. Karam foi vítima de uma doença rara chamada Síndrome de Machado-Joseph e estava recluso nos últimos anos por causa das consequências da doença. Karam atuou em diversas novelas brasileiras como O Clone, Hilda Furacão e Perigosas Peruas. Além de filmes como Xuxa e os Duendes, Super Xuxa Contra o Baixo Astral e Bela Donna.


Orival Pessini


Orival Pessini faleceu no dia 14 de outubro, aos 72 anos, de um câncer no baço. O ator e comediante criou personagens conhecidos da TV brasileira, como o Fofão e o Patropi de Escolinha do Professor Raimundo. Também é responsável pela criação dos personagens Sócrates, Charles, Juvenal, Ranulpho Pereira e diversos outros personagens.




Umberto Magnani



Magnani foi um ator e produtor brasileiro, conhecido por inúmeras aparições na TV brasileira, principalmente em novelas brasileiras. Faleceu no dia 27 de abril, aos 75 anos, vítima de um AVE (acidente vascular encefálico). Umberto atuou em consagradas novelas como Por AmorMulheres Apaixonadas, Alma Gêmea e Velho Chico (o ator estava no meio das gravações quando sofreu o acidente e precisou ser substituído).



Ricky Harris



Ricky Harris, ator que interpretava Malvo no seriado Todo Mundo Odeia o Chris, faleceu no dia 26 de dezembro, aos 54 anos, em decorrência de complicações de um ataque cardíaco. Harris teve breves aparições em vários seriados e filmes, entre eles, CSI, Bones, Hard Rain e The Cape. Além de dublar diversos personagens no jogo de videogame Grand Theft Auto: San Andreas.


Michael Cimino



O cineasta Michael Cimino faleceu no dia 2 de julho, aos 77 anos, a causa de sua morte não foi divulgada. Cimino é o diretor de um dos maiores flops da história do cinema, O Portal do Paraíso de 1980, com Christopher Walken, Isabelle Huppert, Kris Kristofferson e Jeff Bridges. O orçamento do filme foi extremamente alto, teve vários adiamentos, diversos problemas nas gravações e pouquíssimo retorno. No entanto, com o tempo o filme passou a ter reconhecimento e até status de cult. Michael Cimino também dirigiu O Franco Atirador, O Último Golpe e O Ano do Dragão.



Harper Lee



A escritora Harper Lee não teve contato direto com o mundo cinematográfico, mas foi a autora de um livro que foi adaptado para o cinema e se tornou um clássico. Dirigido por Robert Mulligan em 1963 e estrelado por Gregory Peck, O Sol É Para Todos (no original, To Kill a Mockingbird) é um filme muito importante, atemporal e essencial para todos que amam cinema.



Doris Roberts



A atriz Doris Roberts faleceu aos 90 anos, no dia 17 de abril, de um derrame cerebral. Era conhecida por seu papel em Everybody Loves Raymund, série cômica pela qual ganhou três Emmys de Melhor Atriz Coadjuvante. Além de atuar em The Honeymoon Killers e O Mistério do Metrô.



Liz Smith


Liz Smith foi uma atriz estadunidense que faleceu no dia 24 de dezembro, aos 95 anos. O papel pela qual ficou mais conhecida foi em A Fantástica Fábrica de Chocolate de Tim Burton, onde interpretava uma das avós do protagonista Charlie. Também atuou nas séries The Royle Family e The Vicar of Dibley.




Abe Vigoda



Foi um ator conhecido por seus papéis nos filmes da trilogia de Francis Ford Coppola, O Poderoso Chefão, onde interpretava o personagem Salvatore Tessio. Abe Vigoda faleceu no dia 26 de janeiro, aos 94 anos, de causas naturais. Em 1982, a revista People anunciou sua morte por engano e o ator manteve o humor com a notícia: tirou uma foto dentro de um caixão enquanto segurava um exemplar da edição da revista.



Douglas Wilmer



Douglas Wilmer faleceu no dia 31 de março, aos 96 anos, vítima de pneumonia. O ator era conhecido por interpretar Sherlock Holmes na série de TV homônima da década de 1960, e em homenagem a esse papel, fez uma participação especial no seriado britânico Sherlock com Benedict Cumberbatch e Martin Freeman em 2012. Wilmer também é conhecido por seus papéis nos longas 007 Contra Octopussy, Richard III e A Queda do Império Romano.



Tony Burton


O ator faleceu no dia 25 de fevereiro, aos 78 anos. Tony Burton era conhecido por interpretar Duke (o treinador de Apollo Creed) na série de filmes Rocky. Além de atuar em O Iluminado, Caçador Implacável e Hook - A Volta do Capitão Gancho.



Noel Neill



Noel Neill faleceu aos 95 anos, no dia 3 de julho, e não teve sua causa divulgada. Neill foi a primeira atriz a interpretar a jornalista Lois Lane nos seriados As Aventuras de Superman e Atom Man vs. Superman. Também atuou nos filmes As Aventuras de Jesse James, Forgotten Women e teve uma participação especial em Superman: O Retorno de 2006, como a esposa de Lex Luthor.



Arthur Hiller



O diretor e ator Arthur Hiller faleceu por causas naturais no dia 17 de agosto, aos 92 anos. Hiller foi presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e presidente da Directors Guild of America. Além de ganhar sua própria estrela na Calçada da Fama do Canadá. O diretor é conhecido por diversos filmes, entre eles, Love Story, Hospital e Não Podes Comprar o Meu Amor.


Joe Alaskey



Joe Alaskey foi um ator e dublador, conhecido principalmente por personificar as vozes de diversos personagens da Warner Bros., como Pernalonga, Patolino, Frajola, Piu-Piu e Plucky Duck. Também dublou papéis em Rugrats e Casper. Alaskey tinha 63 anos quando faleceu no dia 3 de fevereiro devido a um câncer, que lutava desde a década de 80.




Barbara Tarbuck




Barbara Tarbuck faleceu no dia 26 de dezembro, aos 74 anos, vítima da Doença de Creutzfeldt-Jakob (uma rara doença cerebral degenerativa). A atriz era conhecida por seus papéis nas séries American Horror Story: Asylum, na qual interpretou a Madre Superiora Claudia, e General Hospital, na qual interpretou Lady Jane Jacks por mais de dez anos. Também atuou e teve participações especiais em diversos filmes e séries, entre eles, Mad Men, Dexter, Glee, M*A*S*H, S. Darko e A Morte do Incrível Hulk.


Jerry Doyle


Conhecido principalmente por sua atuação como Michael Garibaldi no seriado Babylon 5, Jerry Doyle faleceu no dia 27 de julho, aos 60 anos de idade, em sua casa em Las Vegas. A causa de sua morte ainda é desconhecida. O ator também teve participações especiais nas séries de televisão Homefront, Martial Law e Republic of Doyle.



Theresa Saldana


Theresa Saldana faleceu no dia 6 de junho, aos 61 anos, vítima de pneumonia. A atriz é conhecida principalmente por seus papéis no longa Touro Indomável de Martin Scorsese, como a esposa do personagem de Joe Pesci, e o seriado The Commish, como Rachel Scali, personagem pela qual recebeu indicações no Globo de Ouro em 1994. Também atuou no filme da banda britânica The Beatles, I Wanna Hold Your Hand.



Tonita Castro


A atriz Tonita Castro faleceu aos 63 anos, no dia 8 de maio, por causa de um câncer no estômago. Tonita era conhecida pelos seus papéis nos filmes Procura-se Um Amigo Para o Fim do MundoNossa União, Muita Confusão e Amigas com Dinheiro. Além de seriados como Go OnDads, The Shield e Little Britain USA.



Steven Hill


Steven Hill, ator mais conhecido pelo seu papel na série Law & Order como Adam Schiff, faleceu no dia 23 de agosto, aos 94 anos de idade. Hill também atuou em diversos filmes, como A Firma, O Peso de um Passado, A Difícil Arte de Amar, Jogo Bruto, Yentl e Minha Esperança é Você.



Patty Duke


Patty Duke faleceu no dia 29 de março, aos 69 anos, vítima de septicemia (uma grave infecção resultante de uma ruptura no intestino). A atriz ganhou um Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante com apenas 16 anos, ao interpretar a complicado papel de Helen Keller no longa O Milagre de Anne Sullivan em 1962. Patty também trabalhou em diversos outros filmes, como O Vale das Bonecas, O Enxame e A Deusa.



Burt Kwouk


Burt Kwouk faleceu aos 85 anos, no dia 24 de maio, e não teve mais detalhes de sua morte. O ator, que nasceu nos EUA e cresceu na China, era principalmente conhecido por seu papel nos filmes da A Pantera Cor-de-Rosa como Cato. Além de atuações em outros longas, como dois filmes da franquia de James Bond (007 - Contra Goldfinger e Com 007 Só Se Vive Duas Vezes), Deep End e Império do Sol.



Guy Hamilton


O cineasta britânico Guy Hamilton, conhecido principalmente por dirigir quatro filmes da franquia de James Bond (007 - Contra Goldfinger, 007 - Os Diamantes São Eternos, Com 007 Viva e Deixe Morrer e 007 - Contra o Homem com a Pistola de Ouro), faleceu no dia 20 de abril, aos 93 anos. Hamilton também dirigiu outros longas, como As Duas Faces da Lei e A Maldição do Espelho. Além de trabalhar como assistente do diretor Carol Reed, em O Ídolo Caído e O Terceiro Homem.



Jon Polito


Jon Polito faleceu aos 65 anos de idade, no dia 1 de setembro, de mieloma múltiplo (um tipo de câncer na medula que afeta as células plasmáticas, responsáveis por produzir anticorpos). O ator é mais conhecido por atuar em alguns filmes dos irmãos Coen, como O Grande Lebowski, O Homem Que Não Estava Lá e Barton Fink - Delírios de Hollywood. Também participou dos longas como Lembranças de Outra Vida, O Gângster, A Conquista da Honra e Grandes Olhos de Tim Burton.




George Kennedy


George Kennedy faleceu no dia 28 de fevereiro, aos 91 anos. O ator tem uma filmografia vasta e atuou em diversos filmes conhecidos, como O Último Golpe, Rebeldia Indomável e Corra Que a Polícia Vem Aí. Kennedy estava tendo complicações na saúde há algum tempo, e a causa de sua morte foi uma doença cardiovascular. 



Herschell Gordon Lewis



Herschell Gordon Lewis, conhecido como "godfather of splatter" (padrinho do splatter, na tradução literal), faleceu no dia 26 de setembro, aos 90 anos, de causas naturais. Ganhou o apelido por criar o gênero splatter no cinema com seus filmes ousados, sensacionalistas, violentos, sangrentos e sensuais. Os principais filmes de Herschell são Banquete de Sangue, Maníacos, The Wizard of Gore e The Gore Gore Girls.




Ken Adam


Ken Adam foi um diretor de arte britânico, mais conhecido por seus trabalhos nos filmes da franquia de James Bond nas décadas de 60 e 70. Também trabalhou no filme Dr. Fantástico e Barry Lyndon de Stanley Kubrick e As Loucuras do Rei George, pelos quais venceu duas estatuetas do Oscar. Adam faleceu no dia 10 de março, aos 95 anos.



Dib Lutfi


O diretor de fotografia e cinegrafista brasileiro, Dib Lutfi, faleceu no dia 26 de outubro, aos 80 anos de idade. Lufti é considerado um dos maiores nomes do cinema brasileiro e precursor da estética do Cinema Novo. Trabalhou com nomes grandes como Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos e Ruy Guerra. Seus principais trabalhos são Os Deuses e Os Mortos, Como Era Gostoso o Meu Francês, Fome de Amor, Havoc e Terra em Transe.



Andrea Tonacci


Andrea Tonacci faleceu no dia 16 de dezembro, aos 72 anos, devido a um câncer de pâncreas. O diretor italiano radicado no Brasil foi um dos principais diretores do Cinema Marginal do Brasil (movimento cinematográfico da década de 70), conhecido por Bang Bang, Conversas do Maranhão e Guaranis do Espírito Santo.



Robin Hardy


O diretor Robin Hardy faleceu aos 86 anos, no dia 1 de julho, mas a causa de sua morte não foi divulgada. Dirigiu apenas três filmes em sua vida e é conhecido principalmente por seu cultuado filme de terror, O Homem de Palha, de 1973. Os dois filmes restantes de Hardy são Uma Voz no Telefone e The Wicker Tree.



Daniel Gerson


Daniel Gerson faleceu no dia 6 de fevereiro, aos 49 anos de idade, de câncer cerebral. Foi roteirista de clássicos filmes de animação da Disney/Pixar, como Monstros S.A., O Galinho Chicken Little, Up - Altas Aventuras, Operação Big Hero, O Bicho Vai Pegar e Divertida Mente. Gerson, além de ser um dos escritores desses filmes, também dublava alguns personagens. O roteirista estava trabalhando atualmente no roteiro de Carros 3, com lançamento previsto para julho de 2017.



Douglas Slocombe


Douglas Slocombe faleceu aos 103 anos, no dia 22 de fevereiro, em um hospital em Londres depois de sofrer uma queda. O diretor de fotografia britânico trabalhou em mais de oitenta filmes, entre eles, os que mais se destacaram foram três filmes da franquia Indiana Jones, Júlia de Fred Zinnemann e Viagens Com Minha Tia de George Cukor. Além de trabalhar em O Grande Gatsby, Jesus Cristo Superstar, Rollerball e O Leão no Inverno.



Ronit Elkabetz


A atriz e diretora israelense Ronit Elkabetz faleceu no dia 19 de abril, aos 51 anos de idade, vítima de câncer. Sendo um dos maiores nomes na indústria cinematográfica em Israel, Elkabetz é conhecida por sua trilogia de filmes nos quais dirigiu, escreveu e atuou: To Take a Wife, Shiva e O Julgamento de Viviane Amsalem.



Curtis Hanson


Curtis Hanson faleceu aos 71 anos, no dia 20 de setembro, de causas naturais. O cineasta é conhecido por dirigir Los Angeles: Cidade Proibida, 8 Mile - Rua das Ilusões, A Mão Que Balança o Berço e Wonder Boys.



Alice Drummond


A atriz Alice Drummond, conhecida por seus papéis em Caça-Fantasmas (1984) e Tempo de Despertar, faleceu no dia 30 de novembro devido a complicações após ela sofrer uma queda. A atriz tinha 88 anos. Drummond também atuou em Dúvida, Ace Ventura - Um Detetive Diferente e Para Wong Foo, Obrigado Por Tudo! Julie Newmar.


Bernard Fox


Bernard Fox faleceu aos 89 anos, no dia 14 de dezembro, por causa de insuficiência cardíaca. O ator galês é conhecido por atuar em Titanic, como o coronel Archibald Gracie, e no seriado A Feiticeira, como Dr. Bombay. Também trabalhou nos seriados Jennie é um Gênio, O Agente da UNCLE, The Monkees e Daniel Boone, e nos filmes, como A Múmia e Yellowbeard.


Michu Meszaros



Michu Meszaros faleceu no dia 13 de junho, aos 76 anos, ele estava em coma por uma semana, mas a causa de sua morte não foi oficialmente divulgada. O ator húngaro é conhecido por ser o intérprete de corpo do alienígena Alf do seriado de televisão, Alf, o ETeimoso. A maior parte do tempo, Meszaros apenas manipulava o boneco alienígena, mas quando era preciso, vestia uma fantasia completa. Trabalhou também em filmes, como A Passagem e Freaklândia: O Parque dos Horrores.



Andrzej Żuławski




O cineasta Andrzej Żuławski faleceu aos 75 anos, no dia 17 de fevereiro, vítima de câncer. O diretor nasceu na Polônia, mas construiu grande parte de sua carreira na França. Conhecido especialmente por seu excelente filme de terror Possessão de 1981, que ganhou status de cult com o passar dos anos. Também dirigiu os longas Cosmos, Globo de Prata, A Terça Parte da Noite e O Importante é Amar.



Andrzej Wajda



O diretor polônes Andrzej Wajda faleceu no dia 9 de outubro, aos 90 anos de idade, em decorrência de uma insuficiência respiratória. Vencedor de um Oscar honorário, é conhecido por dirigir Katyn, Afterimage, KanalCinzas e Diamantes, O Homem de Ferro e um curta para O Amor Aos Vinte Anos.



Alexis Arquette


A atriz transexual Alexis Arquette - irmã dos atores Patricia e David Arquette - faleceu aos 47 anos, no dia 11 de setembro, devido a complicações relacionadas à AIDS. Alexis é conhecida por atuar em Afinado no Amor, A Noiva de Chucky e Pulp Fiction de Quentin Tarantino.



Michèle Morgan



Michèle Morgan faleceu no dia 20 de dezembro, aos 96 anos, de causas naturais. Foi uma das maiores atrizes francesas do século XX, ganhou o apelido de "os mais belos olhos" pelos cinéfilos e ficou conhecida por seus papéis em Cais das Sombras de Marcel Carné e A Sinfonia Pastoral de Jean Delannoy (filme pelo qual ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes em 1946). Morgan atuou em mais de 60 filmes em toda a sua carreira.



Keo Woolford


O ator Keo Woolford faleceu aos 49 anos, no dia 28 de novembro, após sofrer um AVC. Conhecido principalmente por atuar no seriado Hawaii Five-0, também atuou nos longas Ato de Coragem e Godzilla. Keo dirigiu, produziu e escreveu o filme The Haumana, lançado em 2013, e atualmente estava trabalhando em sua continuação.



Ron Glass


Ron Glass faleceu no dia 25 de novembro, aos 71 anos, por causa de insuficiência respiratória. Seus trabalhos mais conhecidos são seus papéis nos seriados Barney Miller, como o detetive Ron Harris, e Firefly, como o líder espiritual Derrial Book. Também atuou nos filmes Serenity (longa derivado da série Firefly), Morte no Funeral e Hóspede Por Acaso.



Florence Henderson


A atriz Florence Henderson faleceu no dia 24 de novembro, aos 82 anos de idade, de insuficiência cardíaca. Conhecida pelo seu papel icônico de Carol Brady na série de televisão A Família Sol-Lá-Si-Dó (no original, The Brady Bunch) no início dos anos 70. Também atuou nos filmes Canção do Sol da Meia Noite e Esquadrão da Polícia.


Miguel Rosenberg


Miguel Rosenberg faleceu aos 90 anos, no dia 6 de maio, vítima de complicações de um derrame cerebral. O ator e dublador brasileiro foi um dos precursores da dublagem no Brasil, conhecido especialmente por ser a voz de Zé Colmeia na animação Zé Colmeia e a de Sr. Burns de Simpsons nas versões dubladas em português. Rosenberg teve inúmeros trabalhos com sua voz, desde filmes, como O Mentiroso e A Fantástica Fábrica de Chocolate, até jogos de videogame, como The Witcher 3: Wild Hunt e Assassin's Creed IV: Black Flag.



Antônio Pompêo


O ator e artista plástico Antônio Pompêo faleceu no dia 5 de janeiro, aos 62 anos, e foi encontrado morto em seu apartamento. Não há mais detalhes sobre sua morte. O brasileiro é mais conhecido por atuar em diversas novelas brasileiras, como Tenda dos Milagres, O Rei do Gado, Mulheres de Areia e Sinhá Moça. Além de trabalhar em filmes, como Xica da Silva e O Xangô de Baker Street.



Jacques Rivette


O diretor francês Jacques Rivette faleceu no dia 29 de janeiro, aos 87 anos de idade, devido a complicações com a doença Alzheimer. Rivette fazia parte de um grupo de cineastas críticos (composto por Truffaut, Godard, Eric Rohmer e Claude Chabrol) da revista Cahiers du Cinéma. É conhecido por dirigir grandes filmes franceses, como A Religiosa, Céline e Julie Vão de Barco, Não Me Toque e A Bela Intrigante.



Vilmos Zsigmond


Vilmos Zsigmond faleceu no dia primeiro de janeiro, aos 85 anos, e nenhuma informação sobre a causa de sua morte foi divulgada. O diretor de fotografia húngaro era conhecido como "o poeta mágico" e seus maiores (e mais conhecidos) trabalhos são os filmes O Franco Atirador, Contatos Imediatos do 3º Grau e O Portal do Paraíso. Também trabalhou em outros longas marcantes, como Dália Negra, O Sonho de Cassandra, Melinda e Melinda, As Bruxas de Eastwick e O Perigoso Adeus.



Duda Ribeiro



O ator brasileiro Duda Ribeiro faleceu aos 54 anos, no dia 14 de setembro, vítima de câncer no fígado. É conhecido pelos suas atuações em várias novelas e filmes brasileiros. Na televisão, trabalhou em Pecado Capital, Amazônia e Salve Jorge. E no cinema, teve aparições nos longas Heleno, Assalto ao Banco Central e O Concurso


Tereza Rachel



Tereza Rachel faleceu no dia 2 de abril, aos 82 anos, por causa de obstrução intestinal. A atriz brasileira é conhecida principalmente por suas atuações em diversas novelas da televisão, como Babilônia, O Rebu, Que Rei Sou Eu?, Paraíso e O Astro.


George Gaynes


George Gaynes faleceu no dia 15 de fevereiro, aos 98 anos de idade, e a causa de sua morte não foi revelada. O ator nascido na Finlândia e erradicado nos Estados Unidos, é conhecido especialmente por interpretar Eric Lassard na série de filmes Loucademia de Polícia. Também trabalhou em outros filmes, como Tootsie, Mera Coincidência, Punky, a Levada da Breca e Cliente Morto Não Paga.



David Margulies




David Margulies faleceu aos 78 anos, no dia 11 de janeiro, vítima de câncer. O ator é conhecido por atuar em diversos filmes e séries de televisão, como Caça-Fantasmas, Ace Ventura - Um Detetive Diferente, Amante a Domicílio, Vestida Para Matar, The Sopranos e O Peso de um Passado.




Zsa Zsa Gábor



Zsa Zsa Gábor faleceu no dia 18 de dezembro, aos 99 anos, depois de sofrer um ataque cardíaco. A atriz austro-húngara radicada nos Estados Unidos, é conhecida principalmente por seus papéis nos filmes Moulin Rouge (de 1952) e Lili. Também atuou em A Marca da Maldade, O Amor Nasceu Em Paris e Rebelião dos Planetas. E teve aparições em seriados de televisão, como Batman (de 1968) e Um Maluco no Pedaço.



Infelizmente, foi uma lista grande de perdas em 2016. Mas todos esses enormes talentos serão imortais através de seus trabalhos.


"A morte é uma parte natural da vida. Feliz fique por aqueles que na Força se transformam." Mestre Yoda; Star Wars.

Tayná Garcia

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...