Especial: 5 Filmes que Questionam a Realidade PARTE 2



"Realidade é aquilo que não desaparece quando deixamos de acreditar."

Continuando a investigação sobre a realidade, damos um passo além da primeira lista, onde temos filmes empolgantes e que até brincam com este assunto; para uma lista mais séria, com filmes mais densos e/ou sanguinolentos.

Recomendo, fortemente, que se você não viu a primeira lista, e se interessa pelo assunto, dá uma passadinha lá pra ver se deixou escapar alguma obra da sua filmografia.


O Homem Duplicado (2014) Dir: Denis Villeneuve




O Homem Duplicado é certamente um futuro clássico. Nesta época interconectada em que vivemos, é difícil um filme que tem que ser visto e revisto; digerido, refletido e investigado meia dúzia de vezes antes de dizer algo concreto sobre ele, se sobressair tanto para o público quanto para a crítica menos especializada. Eu mesmo, odiei o filme da primeira vez que eu vi, pois assisti como se fosse um filme qualquer, que podemos assistir conversando com a namorada, ou mexendo nas redes sociais enquanto lemos as legendas, bem rapidinho, pra conseguir acompanhar a trama.

A obra fala da vida de um professor de história que descobre um ator idêntico a ele. O cara começa a investigar a vida de seu "sósia" tentando descobrir como é possível tanta semelhança entre duas pessoas.

O filme é inspirado no livro homônimo de José Saramago. E ao contrário de outras adaptações é impossível dizer a máxima "O livro é melhor que o filme" (mesmo que o livro também seja genial). Se ainda não assistiu, e ficou interessado, tem uma crítica aqui no blog que aprofunda mais nisso e na história do filme.


Psicopata Americano (2000) Dir: Mary Harron



Psicopata Americano nos apresenta, Christian Bale no papel de Patrick Bateman, isso mesmo BatEman (santa coincidência), com uma atuação impecável desde o começo do filme. Bateman é um investidor de Wall Street muito bem sucedido, com inúmeras manias, que tem relevância apenas em seu mundinho particular. Até que numa cena incrível (sério, assistam ao filme) o jovem se sente muito incomodado por ter um cartão de visita pior que o de um dos seus colegas, e seu instinto psicopata se aflora, a partir disso, ainda mais.

O filme aprofunda no psicológico do protagonista através dos assassinatos cometidos pelo mesmo, e, no fim das contas, parece dar uma excelente razão para esses assassinatos acontecerem. A direção de Mary Harron é sensacional e, misturada a grandes atuações de Christian Bale e Jared Leto, trazem uma obra com um tom bem diferente da maioria das obras cinematográficas americanas.

Você é chegado em filmes de psicopata? Aqui nós temos uma lista com alguns dos melhores do gênero produzido em Hollywood.

Los Parecidos (2015) Dir: Isaac Ezban



Aaaah, o Netflix! Aquele antro de perdição que nos faz assistir aquele conteúdo mequetrefe, só por que anda difícil ver o filme que a gente tá interessado... Só que as vezes é possível achar uma trufa premiada lá no meio. Como este terror B mexicano, que está disponível no site não faz muito tempo.

A obra segue receita básica de um filme barato que faz um razoável sucesso.: uma só locação, poucos efeitos especiais e um roteiro muito mais pautado no diálogo dos atores do que em qualquer outro aspecto.

Los Parecidos conta a história de 8 pessoas que ficam presas numa estação rodoviária por conta de uma tempestade, e todas elas começam a ficar com o mesmo rosto! O resto, vale a pena conferir o mais rápido possível, nessa rede de streaming do capiroto.


Coração Satânico (1987) Dir: Alan Parker



Falando em capiroto, por que não lembrar de Coração Satânico? O filme que era receita de blockbuster quando foi lançado (contava com o Mickey Rourke e Robert de Niro no Elenco e foi dirigido pelo já renomado diretor Alan Parker), mas acabou não tendo o reconhecimento merecido.

A história começa com Louis (De Niro), um cosplay de Zé do Caixão, contratando o detetive particular, e galã nas horas vagas, Harry Angel (Rourke) para procurar um cantor desaparecido. Durante sua investigação, Harry começa a se aproximar de eventos estranhíssimos envolvendo a morte de alguns dos personagens próximos ao caso, ao mesmo tempo que começa a duvidar se o seu contratante é realmente quem ele diz ser.

Com uma ambientação incrível nos anos 50, e uma história que causa uma confusão na mente do espectador, Coração Satânico é tido por alguns, como um dos melhores terrores psicológicos de todos os tempos. Não assistam antes de dormir. 


The Wall (1982) Dir: Alan Parker



Mais um filme do diretor Alan Parker, nesse filme feito anos antes de Coração Satânico, o diretor já mostrava o seu viés surreal nesta tentativa acertada de fazer o musical mais amedrontador de todos os tempos.

Baseado no álbum The Wall, de 1979 da banda Pink Floyd, o filme retrata de uma forma muito perturbadora as memórias do músico Pink (Bob Geldof). E utiliza de uma direção de arte incrível e das animações de Gerald Scarfe para trazer um surrealismo visceral a película.

Para qualquer fã da banda, é um filme imprescindível.

Aliás, para quem não sabe, um dos clipes mais famoso da banda, é uma ótima sequência do filme:



E vocês, caros leitores. Já assistiu algum filme desses ou ficou com vontade de assistir? O que achou do especial? Tem alguma teoria sobre algum desses filmes? Afinal, sabemos que a verdade não é uma só! Deixa aí nos comentários e segue nossas páginas bem aqui em baixo ☞☞☞☞☞☞☞☞☞☞☞

Rodrigo Zanateli Ribeiro

Um comentário :

  1. Show sua lista, daí só vi o psicopata americano.
    Verei os outros

    ResponderExcluir

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...