Especial: The O.C - Momentos Marcantes!

Se você era adolescente nos anos 2000, com certeza assistiu nos domingos do SBT Um Estranho no Paraíso, saiba que estamos ficando velhos meu caro leitor. Há 10 anos The O.C foi cancelado na 4ª temporada, deixando vários fãs órfãos. Vamos sentar e relembrar um pouco os melhores momentos dessa série que marcou época e até hoje é lembrada com carinho.




Para refrescar sua memória, vamos a premissa da série. The O.C era quase um Casos de Família da classe média alta. Ryan (Ben Mackenze), é um rapaz pobre que mora em Chino, na Califórnia e cai nas graças de Sandy Cohen (Peter Gallagher), um advogado, que mora na parte rica da cidade, mais precisamente em Newport Beach. Sandy ao perceber que Ryan não tinha para onde ir, o convida para morar em sua casa. Causando furor na right society. Principalmente em seus vizinhos, os Cooper.

1) Ryan nos ensina como quebrar o gelo:



Depois de ver seu namorado, Luke (Chris Carmack), com outra, Marissa resolve fazer uma combinação de remédios e álcool, que, quase a leva para outra vida. 

2) Quase morte de Marissa em Tijuana - mal sabíamos nós o que estava por vir. 



3) Ryan finalmente diz "Eu te amo" invés de "Obrigado" a Marissa. Claro que não foi qualquer cena, mas sim na virada do ano, exatamente a meia-noite!



4) Seth Cohen (Adam Brody) é meio judeu, então para não ter que escolher entre as religiões no natal, ele resolveu juntar as duas em uma só, criando assim o ''Chrismukkah":




5) Porém a felicidade não dura. Ryan decide voltar para Chino, Seth resolve ir embora, mas velejando, enquanto Marissa fica para trás, morando com sua mãe Julie (Melinda Clark). Em uma conversa, Marissa tem um dos momentos mais memoráveis daquele ano. 


6) Esquece Peter Parker e Mary Jane, o verdadeiro beijo do Homem-Aranha é esse:



7) Com o passar das temporadas, Kirsten (Kelly Rowan) começa a beber muito, desenvolvendo diversos problemas por causa da bebida alcoólica. Inclusive um acidente de carro:



8) Para quem não lembra, Trey é o irmão mais velho de Ryan, Marissa como sempre estava envolvidas em todos os problemas possíveis, e esse foi mais um para a conta. Depois de uma noite de bebedeira, Trey tenta estuprá-la, mesmo sem sucesso, ela só conta depois para Summer até chegar aos ouvidos de Ryan, que vai tirar satisfação com o irmão, e o resultado foi catastrófico:




9) Mesmo que você não goste da personagem de Mischa, é impossível achar alguém que não se emocionou na cena em que Marissa morre. E pior, ficamos naquela dúvida "Será?". E sim, a morte dela foi tão marcante que os fãs acabaram fazendo um boicote, caindo drasticamente a audiência, culminando no cancelamento da série na 4ª temporada, apenas com 16 episódios.



10) E para finalizar, a cena do último episódio, onde Ryan, já adulto, vê uma criança na rua e lembra ele mesmo no começo da série.





The O.C era muito mais do que uma série sobre adolescentes ricos e problemáticos. Era engraçada e ao mesmo tempo dramática. Tinha vários momentos de reflexão, onde os problemas ali mostrados, eram muitas vezes, cotidiano e a facilidade de sentir simpatia pelos atores, talvez tenha sido uma das chaves para o estrondoso sucesso. Abriu caminho para muitos atores no começo de carreira, como por exemplo, 
Olivia Wilde, Shailene Woodley, Chris Pratt, Paul Wesley, Max Greenfield, Bella Throne e Nikki Reed. A trilha sonora é outro fator convidativo, "Halleluya" virou quase um hino, sendo tocada em vários momentos marcantes. Sem contar as locações, com suas paisagens paradisíacas. 

Para fechar, não podia faltar a abertura da série.



De bônus Halleluya.



Deu vontade de assistir e sofrer tudo de novo? Não passe vontade, a série está disponível na Netflix. Aproveite!


Gostou?

Comente! Compartilhe! :)


Natália Vieira

Gosto de filmes e sou viciada em séries e música boa. Não tem muito o que dizer depois disso.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente sobre o filme ou o blog. Pergunte, reclame ou elogie.

Obrigado...